quarta-feira, 3 de agosto de 2016

Maria José Morgado sem papas na língua: políticos sem ética (Dezembro de 2014)

4 comentários:

Afonso de Portugal disse...

LOL! Este vídeo ficou tão pequenino que a MJM até parece gira! :P

Quanto àquilo que ela diz, é tudo verdade... mas os principais responsáveis são os eleitores portugueses, que continuam a votar sempre nos mesmos. Ou pior, a não votar de todo porque "isto já só vai lá com uma revoluçãooooo!!!!!!"

FireHead disse...

Ela gira??? Só se for por causa do penteado, lol. :)

O quê, uma revolução? Mas isto já aconteceu, em 1974! Não me digas qu estás a sugerir um novo 25 de Abril, como já andei a ouvir certos abrilitas dizerem?? Ahhh, pois, isso, o 25 de Abril foi bom, mas... precisamos de um novo 25 de Abril...

Afonso de Portugal disse...

Eu, a sugerir revoluções!? Julgas que sou algum nazionalizta, pá? :P

O problema deste país é precisamente ainda haver tanta gente que acha que se resolve tudo a tiro! Gente essa que, não supreendentemente, tende a pertencer ou à extrema-esquerda ou à extrema-direita!

FireHead disse...

Pois, mas acontece que em Portugal todo e qualquer tipo de extremismo é proibido... e no entanto, temos no governo dois partidos extremistas de esquerda. É claro que a palavra "esquerda" aí faz toda a diferença, pois eles não podem ser acusados de fascismo ou nazismo (embora nazismo seja mesmo de esquerda). Eu continuo ainda a tentar descobrir como é que Portugal, sendo um país da Europa, consegue ter uma coisa chamada Partido Comunista. É capaz de ser um enorme mistério, tipo um amor platónico que nem próprio Platão alguma vez imaginou.