domingo, 21 de agosto de 2016

Brasil conquista ouro inédito no futebol


A selecção olímpica brasileira conquistou pela primeira vez o ouro no futebol. Ontem, os brasileiros encabeçados pelo craque Neymar, derrotaram os alemães na final apenas através da lotaria das grandes penalidades - na primeira parte os alemães tiveram três bolas nos ferros - depois de um empate a uma bola, vingando-se assim da histórica eliminação por 1-7 no último Mundial também realizado em casa.


A selecção feminina de futebol do Brasil, no entanto, desiludiu ao falhar o pódio: foi derrotada pelo Canadá por 1-2. As campeãs olímpicas de futebol são as alemãs, que bateram na final a Suécia por 2-1.

2 comentários:

Adilson disse...

Assisti ao jogo. Mas afirmo que o melhor momento foi após a partida, quando o goleiro Weverton, o craque Neymar e o técnico da seleção olímpica (Micale) agradeceram a Deus. O goleiro foi o que mais enfatizou a importância de Deus na vida dele. A TV esquerdopata brasileira deve ter ficada louca! E os esquerdistas de plantão que controlam o comitê olímpico não pôde segurar. Pra encerrar Neymar ainda usou uma faixa com a frase "100% Jesus" e já tá causando irritação. Evidentemente, são só palavras e expressões emotivas, mas o fato é que o Cristianismo ainda se faz presente no comportamento dos atletas brasileiros.

FireHead disse...

Eu também vi o protestante Neymar novamente com aquela faixa na cabeça com a inscrição "100% Jesus". Será que os tipos dos JO vão censurá-la como a FIFA já chegou a fazer?

Mas qual é o problema dessa gente da comissão dos JO ou da FIFA? A ordem imposta pela laicidade é tão grande que querem até impedir os jogadores de fazerem uso da sua consagrada liberdade de expressão? Se fossem muçulmanos a beijarem o chão e depois a erguerem os braços para o céu com um "Allahu Akbar" já ninguém dizia nada. Então e na altura do Ramadão quando os atletas muçulmanos fazem questão de estar em jejum durante as horas de sol??