sábado, 2 de julho de 2016

Eleições austríacas anuladas!


Afinal parece que houve mesmo fraude eleitoral lá na Áustria: o candidato dos verdinhos só venceu as eleições graças à marosca nos votos por correspondência, que era para que o candidato nacionalista não vencesse. Depois do recurso interposto por este último, Norbert Hofer, o Tribunal Constitucional da Áustria anunciou a anulação do resultado das presidenciais de Maio devido a irregularidades na contagem dos votos, uma decisão sem precedentes que faz com que o economista extremoesquerdista Alexander Van der Bellen tenha deixado de ter ganhado as eleições, ou seja, vai deixar de poder tomar posse no dia 8 de Julho. As funções presidenciais na Áustria vão passar a ser asseguradas interinamente pela presidência da câmara baixa do parlamento austríaco e a extrema-direita vai ter uma nova hipótese de chegar ao poder em Setembro.

8 comentários:

Lura do Grilo disse...

Não há extrema direita na Áustria. Esta "direita" é muito moderada.

kruzes kanhoto disse...

Os esquerdelhos devem estar à beira de um ataque de nervos...

Anónimo disse...

Agora vão dizer que o Tribunal Constitucional é composto de nazi-fascistas xenófobos.

FireHead disse...

Lura do Grilo,

Para essa gente partidos como o CDS já é considerado extrema-direita, meu caro. Logo, como é que eles não haveriam de considerar o FPÖ de extrema-direita, ou seja, uma coisa muito má e perigosa??

FireHead disse...

Kruzes Kanhoto,

À beira? Eu cá acho que já estão a sofrer com o ataque. E pode ser que em Setembro sofram ainda mais.

FireHead disse...

Anónimo,

Mas alguém tem dúvidas disso? É claro que o Tribunal Constitucional da Áustria é composto por nazi-fascistas xenófobos! XD

João José Horta Nobre disse...

Já vi que gostaste do video...

FireHead disse...

João José Horta Nobre,

Gostei. A rapariga parece que tem imenso jeito. :)