quinta-feira, 5 de maio de 2016

Morreu Paulo Paraty


Morreu ontem o antigo árbitro portuense Paulo Paraty aos 53 anos de idade vítima de uma doença prolongada. Foi um dos melhores árbitros da sua geração e chegou a ostentar as insígnias da FIFA entre 1996 e 2007, tendo terminado a carreira em 2008 ao fim de 17 épocas durante as quais apitou 218 jogos da primeira divisão, 20 partidas da Taça de Portugal, 40 da segunda divisão, duas da fase de qualificação de um Europeu, uma da fase de qualificação de um Campeonato do Mundo e outra na Liga dos Campeões. Paulo Paraty era engenheiro elctrónico de formação e filho de um outro antigo árbitro de futebol, Armando Paraty. A Associação Portuguesa dos Árbitros de Futebol recordou a participação "muito activa" do ex-árbitro na associação, o presidente do Conselho de Arbitragem da Federação Portuguesa de Futebol, Vítor Pereira, lamentou a perda de um ser humano fantástico que foi "árbitro até ao fim" e alguém que "sempre amou a arbitragem e, mesmo agora, com algumas dificuldades, continuava a comentar a arbitragem", e o presidente da Liga Portuguesa de Futebol Profissional, Pedro Proença, afirmou que Paulo Paraty era "um homem íntegro, de valores e princípios, que nunca desistiu perante a adversidade e sempre se bateu pelo que acreditava".
Requiescat in pace.

Sem comentários: