terça-feira, 10 de maio de 2016

Islão: o que os outros dizem

Politics.co.uk: o novo mayor de Londres, o muçulmano Sadiq Khan, chegou a afirmar que há muitos brancos a dirigir os transportes da capital britânica, no quadro da Transport of London, e prometeu reduzir o seu número em nome da "diversidade dos londrinos" caso chegasse ao poder, como já chegou efectivamente, pela via democrática. E assim se cumpre com a premissa do multiculturalismo: reduzir o número de brancos - e, já agora, a influência cristã - na sua própria terra em detrimento das minorias.

Slogans de propaganda musla nos autocarros... já a oração do Pai Nosso foi censurada!
Vlad Tepes: uma idosa alemã mostra saber mais acerca do islão do que o comum idiota útil, tanto assim é que até suscitou o interesse de um grupo de jovens muçulmanos que se apressaram a dizer que não, que o islão não é mau coisa nenhuma, embora não conseguindo também explicar o porquê dos muçulmanos andarem a decapitar cristãos na terra deles...

O Cristianismo e o islão são incompatíveis. Onde está a mentira aí?

Correio da Manhã: na ilha francesa de Oléron, a luso-descendente Alexia Silva Costa, de 15 anos, foi esfaqueada até à morte por um colega de escola depois deste ter visto o seu pedido de namoro ser negado. O crime ocorreu no passado dia 1 de Fevereiro e o que se sabe é que o homicida foi preso. Muito possivelmente estamos aqui a falar de um muçulmano, pois todos nós sabemos muito bem o quão potenciais violentos eles são, ainda por cima no que diz respeito às gajas e à rejeição...

Vítima por ter recusado namorar com um colega. Ai essa juventude...
Hungary English News: o primeiro-ministro húngaro, Viktor Orbán, acusou a elite de Bruxelas, a capital belga e também da maçónica União Europeia, de estar completamente alheia à realidade.

A imigração massiva faz parte dos planos da maçónica Nova Ordem Mundial

Portali Shembulli: o conhecido actor e artista marcial belga Jean-Claude Van Damme, de 55 anos, disse, num canal árabe, que o pseudo-profeta Maomé, que foi como todos nós sabemos um grande pedófilo, escravizador e exterminador em massa, era muito esperto e que sabia o que é que é bom para o futuro...

Será pura ignorância ou efeitos da droga??

Jeune Afrique: de acordo com uma sondagem realizada pela agência tunisina Sigma Conseil, os norte-africanos (berberes, árabes...) consideram-se "primeiro muçulmanos" e só depois é que são cidadãos. De facto mais do que uma religião, o islão é simplesmente uma identidade e o califado global com o qual os muçulmanos sonham é a sua pátria espiritual. Na verdade, mais do que uma religião satânica, o islão é uma ideologia totalitária com fins expansionistas.

A coisa não deve ser lá muito diferente entre muitos médio-orientais...
VICE News: no Bangladesh, as mulheres violadas são as culpadas pelas violações. Nem mais! É por isso que segundo o islão as mulheres têm que estar cobertas que é para os homens assim não correrem o risco de não conseguirem controlar os seus impulsos...

E mesmo assim continua o Ocidente a acolher adeptos do islão...

New Observer: e na Áustria, para evitar precisamente que as mulheres sejam atacadas por alógenos adeptos do islão, a polícia de Viena chegou ao cúmulo de pedir às loiras para pintarem o cabelo de preto que é para não darem muito nas vistas! O irónico é que o "aviso oficial" foi feito a uma jovem estudante que é meia iraquiana, Sabina, depois desta ter sido atacada por quatro afegãos na estação de Westbahnhof...

As autoridades querem agora que as nativas se pareçam menos europeias...
Lei Islâmica em Acção: a conversão da jovem paraense Karina Ailyn Raiol Barbosa, de 20 anos, ao islão depois de ter viajado para a Turquia com o intuito de se juntar ao Estado Islâmico chamou a atenção para a actividade da dawa (proselitismo islâmico) que está a haver em Belém do Pará, no Brasil. O Diário do Pará fala duma cooperação entre a Universidade Federal do Pará e a mesquita de Belém que por sua vez está a aproveitar-se para fazer propaganda islâmica.

Karina Barbosa: de mulher livre a uma mulher submissa. Eis o resultado da doutrinação islâmica...
10News.co: o inspector da polícia sueca Lars Alvarsjø garante que as autoridades já não conseguem controlar as zonas ditas sensíveis de Estocolmo. São mais de 50 áreas dominadas por alógenos onde a lei do país não entra - mandam por lá a lei da sharia e a criminalidade - e onde a polícia é atacada. Isto é apenas mais uma maravilha do multiculturalismo! E, já que falamos da Suécia, a "campeã da humanidade", no Verão passado uma mãe sueca acolheu um «refugiado» e este violou a sua filha de 10 anos...

E depois ainda há quem diga que não existem no-go zones...

8 comentários:

Afonso de Portugal disse...

O Van Damme anda revoltado porque já não o querem para fazer filmes. Pudera! Ele vingou numa época em que ter uma carinha laroca e abrir o pernil era sucesso garantido!

Só que hoje em dia há milhentos actores de artes marciais... e alguns até sabem mesmo lutar! E ele, felho, feio e ressabiado, não pode com a competição!

O mundo é uma merda, pá!!! Quem me dera ser como o profeta pedófilo e cortar as cabeças as este sacanas que já não me querem nos seus filmes!

Ivan Baptista disse...

A Silva desonrou o homicida :/

FireHead disse...

Afonso de Portugal,

Eu nunca achei o Van Damme grande coisa a nível marcial. Não é nenhum Chuck Norris, Jet Li, Jackie Chan, Steven Seagal ou Don Wilson...

FireHead disse...

Ivan Baptista,

Se ao menos ela tivesse aceitado namorar com ele! Se calhar ainda estaria viva... e quem sabe, a sofrer... mas quiçá sempre estaria viva!

Anónimo disse...

"na ilha francesa de Oléron, a luso-descendente Alexia Silva Costa, de 15 anos, foi esfaqueada até à morte por um colega de escola depois deste ter visto o seu pedido de namoro ser negado. O crime ocorreu no passado dia 1 de Fevereiro e o que se sabe é que o homicida foi preso. Muito possivelmente estamos aqui a falar de um muçulmano, pois todos nós sabemos muito bem o quão potenciais violentos eles são, ainda por cima no que diz respeito às gajas e à rejeição..."

Eu já acho que é cristão ,visto que sao paises de maioria cristã os campeaes mundias em violencia contra mulher.

Anónimo disse...

"As autoridades querem agora que as nativas se pareçam menos europeias...
"

mas tanto ela nao parece uma nativa européia que ,de fato ,ela nào é. mesmo tingindo de loiro o cabelo , se nota a face alogena.

FireHead disse...

Outra vez o direita disfarçado por cá, ou o Daniel Carvalhana, ou a merda que for, a replicar a mesma ideia depois de já o ter feito no blogue Historia Maximus...

Com certeza que a criminalidade cometida por muçulmanos nos países cristãos faz com que eles se tornem automaticamente cristãos só porque estão em países cristãos. E eu aqui a pensar que cães em capoeiras não viram galinhas...

A propósito, já te tinha respondido a isso aqui:

http://bloguedofirehead.blogspot.com/2016/02/firehead-sionista-islamohisterico-e.html

FireHead disse...

«mas tanto ela nao parece uma nativa européia que ,de fato ,ela nào é. mesmo tingindo de loiro o cabelo , se nota a face alogena.»

Quem náo é de facto nativo europeu és tu, ó brasileiro. Hehehehehe. Incha e desincha, que isso passa.