quarta-feira, 13 de abril de 2016

Hamas elimina vestígios cristãos de 1800 anos


De acordo com o Gatestone Institute, o grupo terrorista Hamas, que controla a Faixa de Gaza, quer construir um centro comercial na cidade de Gaza num bairro chamado Al-Daraj e, durante o processo de escavação do terreno, encontrou ruínas de uma igreja cristã bizantina de 1800 anos. O que foi que o Hamas fez perante tal achado? Continuou a construção do centro comercial destruindo as ruínas e os artefactos encontrados. "Onde estão os líderes das igrejas cristãs do mundo? Onde estão o Vaticano e a UNESCO? Onde estão os líderes políticos mundiais que falam tanto em preservação de relíquias de lugares sagrados?", perguntou um cristão que vive na Cisjordânia, outra área dominada pelos ditos "palestinianos" que têm o apoio dos esquerdistas e idiotas úteis. O Pe. Ibrahim Nairouz perguntou, numa carta, ao primeiro ministro "palestiniano", Rami Hamdallah, da Fatah, se fariam o mesmo se fosse uma sinagoga (possivelmente sim) ou uma mesquita (com certeza que não).
Quando o Estado Islâmico andou a destruir monumentos históricos pagãos, todos se revoltaram contra isso. Já quando os monumentos históricos são cristãos, ficam todos calados. Também aí se vê o profetizado Anticristianismo.

2 comentários:

Adilson disse...

Boas perguntas: "Onde estão o Vaticano e a UNESCO? Onde estão os líderes políticos mundiais que falam tanto em preservação de relíquias de lugares sagrados?"

Até hoje não sei tudo isso aí em cima está quando toda essas desgraças e bestializações são praticadas por aqueles monstros! Meu coração, sinceramente falando, fica em ponta de bala. Ainda bem que só vejo tais notícias aqui pela internet... minha mulher me proibiu de ver TV... ela diz que não quer que eu tenha uma parada cardíaca!

Até.

FireHead disse...

Reza pela Papa que parece que já tem um encontro marcado com os refugiadistas, digo refugiados, na Grécia... Enquanto este Papa, que deveria liderar a Igreja, continuar a fazer figuras tristes, torna-se difícil convencer os que não percebem nada das coisas que o Cristianismo na verdade não é como este Papa anda a pintar.