sábado, 30 de abril de 2016

Capturados jihadistas que planeavam atacar o Vaticano


Foram detidas em Milão quatro pessoas que se juntaram ao Estado Islâmico e que planeavam um atentado terrorista contra o Vaticano, o coração da Cristandade. "Se consigo colocar a minha família a salvo, juro (…) que serei o primeiro a atacar a Itália cruzada, o primeiro a atacá-la, juro, juro que a ataco, no Vaticano com a vontade de Alá", afirmou um dos detidos no diálogo interceptado pelas autoridades italianas. Numa outra conversa interceptada, mencionaram o ataque à embaixada de Israel em Roma: "Eu disse que quero chegar a Israel em Roma. Sim, a embaixada". Segundo a polícia italiana, os quatro muçulmanos são marroquinos: Wafa Koraïchi; Abderrahim Moutaharrik, Salma Bencharki e Abderrahmane Khachia. "Neste momento, (Roma) é a cidade das peregrinações, portanto é o centro da Cristandade (…). Há uma demanda pelo uso de 'lobos solitários'. Há referências a outros países, referências que foram comunicadas à polícia e aos serviços de inteligência", acrescentaram as autoridades.
Informa o Daily Mail que em Dezembro passado o director da polícia italiana, Tommaso Buonanno, disse que as mensagens mais claras tinham como alvo o Papa Francisco. "Recordem, já não haverá Papa depois deste. Este é o último. Não esqueçam o que estou a dizer", disse assim um dos muçulmanos presos.
Mas porque é que os muçulmanos querem fazer mal ao Papa Francisco, logo este Papa que os adora, os acolhe e quer que toda a Europa faça o mesmo?

4 comentários:

Adilson disse...

Santo Deus!

Tenho percebido, pelo tom da imprensa nacional e internacional, que há um certo desprezo pelas ameaças desses animais! Os porcos do ISIS já avisaram inúmeras vezes que irão atacar o Vaticano. Evidentemente, será praticamente impossível do terroristas chegarem lá. No entanto, não se pode dormir diante das estratégias desses animais. Sabemos que os muçulmanos usam de todos os recursos, inclusive da hipocrisia e da mentira, para realizar seus planos, pois os próprios escritos deles incentivam as práticas maléficas. Houve um tempo em que esses animais eram condenados para sempre ou eram fuzilados. Com a mentira dos tais direitos humanos, esses animais chegam a ser mimados. Deus nos guarde, Deus guarde sua Igreja no Vaticano!

Ivan Baptista disse...

" Mas porque é que os muçulmanos querem fazer mal ao Papa Francisco, logo este Papa que os adora, os acolhe e quer que toda a Europa faça o mesmo? "


E já eu ouvi falar em teorias da conspiração, de que o Papa Chico seria o próximo Alvo .

FireHead disse...

Adilson,

Esta é a maior sorte do Papa Francisco que se comporta tal e qual os esquerdistas promotores da miséria no Ocidente: todos completamente seguros e longe dos problemas derivados das suas políticas verdadeiramente assassinas. O Zé Povinho que as grame e que se lixe.

FireHead disse...

Ivan Baptista,

Mas porque é que o Papa Francisco seria o próximo alvo se ele é super amigo dos muçulmanos?? É isso que eu não percebo.