sábado, 9 de janeiro de 2016

«Refugiado» degola menina de 7 anos


Em Julho passado, um «refugiado» eritreu que entrou ilegalmente na Suécia em 2014 e foi acolhido por uma família alegadamente sueca em Upplands-Bro, no norte da capital Estocolmo, apunhalou e degolou a filha de sete anos da família! Em causa o facto de Daniel Gebru, assim se chama o alógeno, ter sido expulso do apartamento pela família acolhedora por não pagar o aluguer. O «refugiado» foi condenado pelo tribunal à prisão a receber assistência médica por ser "mentalmente instável". Na verdade ele foi também condenado à deportação, o problema é que a Eritreia é contra a deportação por "violar os direitos humanos", pelo que ficamos sem saber como é que isso ficou...

2 comentários:

Anónimo disse...

https://www.knightstemplarinternational.com/strange-bedfellows-pegida-uk-a-christian-movement/


Pegida um movimento extremamente liberal ,universalista e anti cristão.

FireHead disse...

Bem, os tipos do PEGIDA são a favor do movimento LGBT e também racistas?? Nem precisei de ler mais esta treta para saber de onde é que ela vem. É apenas mais uma tentativa de atrasar o crescimento do patriotismo/nacionalismo anti-islâmico e anti-nazi.