quinta-feira, 21 de janeiro de 2016

Os muçulmanos eram tolerantes no Al-Andalus?


O historiador espanhol Rafael Sánches Saus, catedrático de História Medieval da Universidade de Cádiz, afirma que não. Segundo o historiador, os muçulmanos implantaram um "regime perverso" durante séculos para a "humilhação contínua" dos judeus e, particularmente, dos cristãos. A ideia de que o Al-Andalus era tolerante não passa de uma "manipulação brutal em termos históricos", defende o entendido na matéria.
É claro que todos aqueles que dizem que os muçulmanos na antiga Península Ibérica, também conhecidos por mouros, eram tolerantes são, obviamente, uns enormes negacionistas da realidade que acreditam poeticamente que o islão é a "religião da paz".

4 comentários:

João José Horta Nobre disse...

Nessa época nenhuma sociedade era tolerante...

FireHead disse...

E hoje em dia há tolerância? Quer-me parecer que os verdadeiros intolerantes são os que se afirmam tolerantes...

Anónimo disse...

Eram eles parentes raciais dos Europeus,tinham pele clara ,cabelos loiros e olhos claros .

FireHead disse...

And then?