quinta-feira, 21 de janeiro de 2016

O Savimbi era um bandido mesmo!

video

Os descendentes de Jonas Savimbi, o assassino angolano que fundou e liderou a UNITA, exigem à filial francesa do fabricante de vídeojogos Activision Blizzard uma compensação de um milhão de euros por se sentirem ofendidos com o facto de Savimbi aparecer como um "bárbaro" que "quer matar toda a gente" num episódio sobre a guerra civil angolana do jogo Call of Duty: Black Ops II.
O Jonas Savimbi foi um terrorista e o cabrão de um traidor que passou parte da sua vida a lutar com as forças rebeldes contra os portugueses em nome da destruição independência de Angola para depois passar a fazer frente ao governo comuna angolano. Ainda assim, benditas forças armadas angolanas que lhe limparam o sebo em 2002. Quanto aos descendentes dele, que comam merda.

10 comentários:

João José Horta Nobre disse...

«O Jonas Savimbi foi um terrorista e o cabrão de um traidor que passou parte da sua vida a lutar com as forças rebeldes contra os portugueses em nome da destruição independência de Angola para depois passar a fazer frente ao governo comuna angolano. Ainda assim, benditas forças armadas angolanas que lhe limparam o sebo em 2002. Quanto aos descendentes dele, que comam merda.»

Porra, isso é que é mesmo raiva!

FireHead disse...

Eu tenho raiva dos cabrões, é verdade. E o Savimbi era um deles.

Ivan Baptista disse...

É curioso que a industria de filmes de Hollywood, assim como tombem a industria de videojogos , exploram á sua maneira a melhor forma de fazer propaganda :)
O que vale é que na industria de videojogos existe uma grande biblioteca de videojogos nipónicos .
Imagina lá o que seria, fazer um best-seller nipónico ou oriental, de um filme ou videojogo, em que na história o principal vilão, seria os States e ou a Nato !

wind disse...

É verdade!

FireHead disse...

Ivan Baptista,

Vídeojogos talvez haja, mas desenhos animados japoneses que retratam os americanos como os maus existem mesmo. Conheces o desenho animado "O Túmulo dos Pirilampos"? Aquilo é uma autêntica lavagem cerebral... com que então os americanos que bombardeavam o Japão é que eram os maus... até parece que não foram os japoneses que se lembraram de atacar cobardemente os americanos em Pearl Harbor...

FireHead disse...

Wind,

Tens piada. Com que então o Savimbi já pode ser um bandido mas o Kennedy ou o Martin Luther King não podem? :)

Anónimo disse...

estão certo.

FireHead disse...

Certo.

Anónimo disse...

A maioria dos portugueses que ficaram em Angola foi no sul, zona maioritariamente dominada pela Unita. Dos três parece-me que foi o movimento menos hostil a Portugal. Mas isto é a minha opinião.

FireHead disse...

Pois, a palavra "menos" diz tudo...