sexta-feira, 8 de janeiro de 2016

Mais um terrorista muçulmano abatido em Paris


Na manhã do primeiro aniversário do massacre islâmico à redacção do Charlie Hebdo e a um supermercado judaico, um muçulmano marroquino de nome Sallah Ali foi abatido depois de ter tentado invadir a esquadra da polícia do 18.º bairro de Paris, Goutte D'Or, onde reside uma grande comunidade do Magrebe e subssariana, enquanto gritava Allahu Akbar. Sallah Ali estava armado com uma faca, tinha um colete de explosivos falso e trazia também uma reivindicação escrita em árabe e um papel com o desenho da bandeira do Estado Islâmico. Além disso, o jovem de 20 anos natural de Casablanca já tinha cadastro.
Menos um muslo no mundo. O problema é que eles continuam a ser mais que as mães.

2 comentários:

wind disse...

Não faz falta nenhuma:)

FireHead disse...

Ainda bem que este não levou vítimas com ele.