sexta-feira, 15 de janeiro de 2016

FIFA cristofóbica


Eu não sou propriamente fã do craque brasileiro Neymar da Silva Santos Júnior que é duma seita qualquer protestante, mas não consigo deixar de ficar intrigado com a cristofobia da FIFA, esse antro de corruptos que superintende o futebol mundial, que censurou um vídeo em que aparece o jogador do Barcelona. No dia 11 de Janeiro, durante a cerimónia da Bola de Ouro de 2015, ganha pelo argentino Lionel Messi, foi passado um vídeo da final da última Liga dos Campeões em que o Barça venceu a Juventus por 3-1. Nele, durante os festejos catalães, aparece Neymar com uma fita branca na cabeça. Essa fita tinha a inscrição "100% JESUS", mas a FIFA censurou-a, como podemos ver na imagem de cima, o que gerou protestos e levou à criação de um abaixo-assinado na plataforma CitizenGo a exigir que a FIFA peça desculpa. "A FIFA explicou que retiraram o texto da fita do cabelo de Neymar 'por respeito'. Por respeito a quem? Ao Neymar? Aos milhões de torcedores cristãos? O gesto 'cristofóbico' supõe um claro ataque à liberdade religiosa", pode ler-se na página da petição.
Mas "100% JESUS" incomoda mesmo assim tanto?

2 comentários:

KVRGANIVS NOSTRATORVM disse...

NÃO SÓ ESSE BASTARDO TEVE A OUSADIA DE DESPEITAR HISPANICOS DE OUTRAS LATITUDES DO MAINLAND E AINDA VEIO CHORUMINGAR SOBRE RACISMINHO FODA-SE ESSE ALOGENO

FireHead disse...

Isso é tudo inveja dele? Ambos brasucas, mas ele é rico e famoso e tu não.