terça-feira, 19 de janeiro de 2016

Era uma vez entre os putos da primária na Holanda...

Crianças "forçadas" a "rezar" viradas para Meca. Isto foi numa visita a uma mesquita por parte de crianças da escola primária holandesa De Vinkenbuurt.


Mas não há nenhuma islamização no Ocidente. Nem mesmo de pequenino que é para torcer o pepino.

6 comentários:

wind disse...

E sabes o que as levou a fazer isto? Elas são islâmicas?

FireHead disse...

Sinceramente não me parece que elas sejam islâmicas. Aliás, nem sequer é a primeira vez que uma escola (pública) inglesa obriga os seus alunos a "rezar" a Alá por causa da paranóia do politicamente correcto e do multiculturalismo.

Angelo Almeida disse...

As primeiras quatro crianças, pelo menos, a acreditar na cor dos seus cabelos - Cabelos louros e alourados - que sejam islâmicas, mas mesmo que sejam islâmicas, praticavam os seus credos nos país do Golfo Pérsico e todo o médio oriente ou onde se cultive
o islamismo.
Nada me move contra tais práticas desde que respeitem as leis e cultura de todos os países que os acolhem.

FireHead disse...

Pois, mas nós bem sabemos que o respeito é coisa que não existe. Se formos para a terra dos muçulmanos temos que cumprir com as regras deles, mas na nossa terra eles ainda têm a lata de exigir o direito de praticar as suas regras?

A cor do cabelo não tem nada a ver com a religião da pessoa. E a foto apenas mostra crianças, muito dificilmente muçulmanas, a comportar-se, por imposição, como se fossem muçulmanas.

Anónimo disse...

Pois, mas nós bem sabemos que o respeito é coisa que não existe. Se formos para a terra dos muçulmanos temos que cumprir com as regras deles, mas na nossa terra eles ainda têm a lata de exigir o direito de praticar as suas regras?

não inventes ó fanatico,que á cristão sirios,egipcios e iranianos e que dantes das guerras fomentadas por israel vivima tranquilamente entre seus irmãos doutras religiões.

FireHead disse...

«não inventes ó fanatico,que á cristão sirios,egipcios e iranianos e que dantes das guerras fomentadas por israel vivima tranquilamente entre seus irmãos doutras religiões.»

Ah, sim, foram os judeus que fizeram com que os muçulmanos começassem a perseguir os cristãos. Até parece que no Alcorão não há indicação alguma de como o cabrão do Maomé pede aos seus seguidores para não se dar com eles por serem «infiéis».

Cala-te mas é, seu camelo, e vai-te foder pelo menos 50 vezes antes que eu te corte definitivamente o direito de dizer merda aqui.