quinta-feira, 7 de janeiro de 2016

Bailinho do Glorioso


No primeiro jogo em casa este ano para a Liga NOS, goleámos o Marítimo por 6-0 e apanhámos o CRAC no segundo lugar da tabela classificativa com 37 pontos ambos, ainda que com a desvantagem no confronto directo. Já sem Cristante - emprestado até ao final da época ao Palermo que poderá exercer opção de compra por 6 milhões de euros -, marcámos três golos de rajada no primeiro tempo: bis de Pizzi e um golo de Raúl Jiménez. Na segunda parte, Jonas bisou na marcação de dois castigos máximos e teve ainda tempo para o Talisca, que tem andado apagado esta época, apontar o último golo. O Marítimo, que na semana anterior tinha ido ganhar de forma brilhante ao Porto frente ao CRAC por 3-1 para a Taça da Liga, foi uma sombra de si próprio, pois é claramente uma boa equipa, mas no futebol há coisas assim. No final da partida, Rui Vitória disse que fizemos uma exibição perfeita e Jonas disse que estamos todos de parabéns. "Os dois penáltis foram bem assinalados. Não tem discussão possível", disse ainda o goleador brasileiro.


E como eu dizia no início, apanhámos o CRAC porque os corruptos fizeram-nos o favor de não ganhar ao Rio Ave em casa. Os vilacondenses, muito bem orientados por Pedro Martins, ainda estiveram a perder, mas lograram empatar a partida ainda na primeira parte. E, só para a vossa informação, o Rio Ave jogou sem seis dos seus habituais titulares, o que dá ainda mais sabor ao ponto conquistado pela equipa que ocupa agora o 7.º lugar da Liga NOS cuja liderança foi reforçada pelo Sporting que venceu em Setúbal o Vitória local por 6-0 como nós. Ainda assim nós é que temos o melhor ataque da prova (41 golos contra 32 do Sporting e 31 do CRAC) e a terceira defesa menos batida (em igualdade com o CRAC e com mais três golos sofridos que o CRAC e mais dois que o Sporting de Braga). O treinador basco do CRAC, esse, já não voltou a dizer que acredita que o CRAC vai ser campeão, a não ser que o CRAC ganhe todos os jogos que faltam até ao fim. Ouvi, num programa desportivo da CMTV, que o André Villas-Boas deverá regressar ao CRAC na próxima época, o que constitui um boa notícia para a Andradagem.

Sem comentários: