quarta-feira, 25 de novembro de 2015

Traumatismo (u)craniano no Dragão

video

Ao Futebol Corrupto do Porto bastava um empate para garantir o apuramento para os oitavos-de-final da Liga dos Campeões mas os portistas perderam frente ao Dínamo de Kiev em casa, no Estádio do Cabrão Dragão, por 0-2, golos de Yarmolenko e Derlis González.
Julen Lopetegui decidiu deixar André André no banco pela primeira vez esta época, apostou em Imbula no meio campo e deu-se mal, pois o filho de congoleses nascido na Bélgica e naturalizado francês que custou uma fortuna à agremiação corrupta portuense esteve tão mal que até cometeu uma grande penalidade, o primeiro que os corruptos sofreram em casa desde que a Liga dos Campeões passou a ter o formato actual, o que é histórico, pois já foram 79 jogos caseiros! Casillas nada podia fazer na grande penalidade, fez depois ainda duas grandes defesas no jogo mas acabou por ter culpa no segundo golo.
"Entrámos bem na partida, mas a partir do penalty, a equipa perdeu tranquilidade. Na segunda parte, jogámos mais com o coração do que com a cabeça e não fomos capazes de superar uma boa equipa como é o Dínamo Kiev. Ganharam justamente. Tivemos algumas oportunidades para entrar novamente no jogo, mas não conseguimos melhor resultado", começou por dizer Lopetegui na flash interview após a partida. "Como anteriormente disse que nada ainda estava conseguido, agora também digo que ainda nada está perdido. Dependemos de nós próprios, pois temos um jogo (em Londres frente ao Chelsea) que temos de vencer", vincou o basco. Do lado dos ucranianos, o português Antunes garantiu que a sua equipa entrou em campo com o pensamento na vitória. Uma vitória agora do Dínamo de Kiev na última jornada frente aos israelitas do Maccabi Telavive assegura a qualificação dos ucranianos.
O que vale à equipa portuguesa é que o Chelsea de José Mourinho está muito mal (apesar de ter esmagado o Maccabi Telavive por 4-0), pelo que o CRAC (Clube Regional Assumidamente Corrupto) não deverá ter grandes dificuldades em ir ganhar a Stamford Bridge, pois, como cheguei a ler lá no Facebook há uns tempos atrás, qualquer equipa consegue agora ganhar ao Chelsea porque está ao nível de um Atlético de Madrid que foi derrotado pelo Benfica em casa. Ainda por cima o Pinto da Costa chegou a dizer que as coisas na Liga dos Campeões estão encaminhadas, logo é com toda a certeza absoluta, sintética e analítica que o CRAC vai estar presente nos oitavos-de-final.
Nos outros jogos da 5.ª jornada da Liga dos Campeões já realizados destacam-se as goleadas do Barcelona sobre a Roma por 6-1 e do Bayern de Munique sobre o Olympiakos por 4-0.
E hoje (amanhã em Macau) joga o Benfica no Cazaquistão frente ao FC Astana. Luisão e Gaitán não jogarão porque se lesionaram no dérbi com a lagartada mas Rui Vitória garantiu que isso e a eliminação da Taça de Portugal não retiram motivação à equipa. "Compreendo a contestação dos adeptos, também não ficámos contentes quando perdemos. Na altura das derrotas, sobra sempre para muito poucos. Esperamos dar agora uma alegria para que todos fiquem contentes", disse o treinador português.

Sem comentários: