quinta-feira, 19 de novembro de 2015

#FuckParis


Os activistas do movimento Black Lives Matter não ficaram nada contentes com a "demasiada atenção" que se está a dar aos atentados de Paris porque possivelmente devem achar que, enquanto o mundo lamenta a morte das vítimas do terrorismo islâmico, eles, os negros, são esquecidos. E, como esquecer-se deles é sinónimo de racismo, decidiram criar a hashtag #FuckParis como forma de protesto. A hashtag foi partilhada por muitos radicais que são a favor do acolhimento de refugiados e que defendem que o islão é a "religião da paz"...

2 comentários:

wind disse...

Parvos:)

FireHead disse...

Sim, são parvos. Até parece que não morreram negros no passado dia 13. Estes tipos são uns racistas.