quinta-feira, 6 de outubro de 2016

Imã que exorta à morte dos gays vai proferir uma palestra em Londres


O imã norte-americano xiíta Shaykh Hamza Sodagar, que diz que os não-muçulmanos são uns kuffars ("infiéis") e que lançou um vídeo onde fala de cinco maneiras de matar homossexuais, vai dar uma palestra na escola República Islâmica do Irão em Londres num certame que decorre até o dia 12 do corrente.
Esta é uma notícia do jornal britânico Express.

6 comentários:

Afonso de Portugal disse...

Não sejas "islamofóbico", pá! Então tu não vês que o ódio aos gueis só é uma coisa má se for atiçado pelos brancos?!

No caso do Islão, trata-se de cultura, não de ódio! E as culturas respeitam-sem pá!!! Outra vez: homofobia dos brancos = ódio, logo condena-se; homofobia dos muslos = cultura, logo respeita-se!

Allahu akbar carago!!! Allahu akbaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaar!!!!!!

CENSURADO AGAIN disse...

TEU ABRAAMISMO QUERIDO

FireHead disse...

Afonso de Portugal,

É verdade, até me esqueço que condenarmos a intolerância islâmica pela homossexualidade é... xenofobia.

Não deve ser nada fácil para o Milos Yiannopoulos ter a postura que tem.

FireHead disse...

CENSURADO,

O islão é abraamismo? Voltaste a apostar no cavalo errado...

CENSURADO AGAIN disse...

O ISLÃO É TÃO PARECIDO COM A TORAH QUE MUITOS ESTUDIOSOS REJEITAM O TERMO JUDAICO CRISTÃO E PREFEREM RELACIONAR JUDAISMO E ISLÃO

FireHead disse...

Sim, é muito parecido mesmo, inclusive na parte de terem de "rezar" virados para Jerusalém, coisa que os muçulmanos também fazem, né?