sábado, 10 de setembro de 2016

Uma Só Voz

Um novo som do macaense português João Caetano, o primeiro single dele lançado pela Splash Blue Records: Uma Só Voz (com a participação do Jean Paul "Bluey" Maunick, seja lá quem ele for). Curtai!

video

6 comentários:

Afonso de Portugal disse...

Não gosto, faz-me lembrar as canções do Luís Represas. Não é que seja mau, musicalmente, mas é um género que me deixa com vontade de atirar o rádio pela janela fora.

FireHead disse...

Eu até que gosto. Considero esse meu "compatriota" um talento puro.

Já agora, elucida-me: eu não conhecer o Jean Paul "Bluey" Maunick, que há quem diga que é preto, coisa que para mim ele não é (mas e se fosse?), é sinónimo de racismo? Digo isto porque um anónimo com merda dentro da cabeça acusou-me disso mesmo, por eu não saber quem é esse tal Jean Paul "Bluey" Maunick. Se calhar devia ter ido à net procurar saber quem ele é para não ser um racista.

É com cada apanhado que por cá aparece...

Anónimo disse...

afonso nao gosta de nada.
diga me entao do que voce gosta!

Afonso de Portugal disse...

Não digo. Estou farto de perder o meu tempo com anónimos.

Afonso de Portugal disse...

FireHead disse...
«(...) eu não conhecer o Jean Paul "Bluey" Maunick, que há quem diga que é preto, coisa que para mim ele não é (mas e se fosse?), é sinónimo de racismo? »

Não é preto, mas parece ter ascendência africana portanto, parece mestiço. Quanto ao anónimo, é claramente um idiota. Ninguém tem obrigação de conhecer tudo e mais alguma coisa.

FireHead disse...

Que ele não é preto isso sei eu. Ele é britânico das Maurícias e filho de um mulato, embora para mim ele pela aparência parece mais um indiano. Aliás, a população das Maurícias é multiétnica, multicultural, multirreligiosa e multilinguística.

O anónimo, cujo comentário eu apaguei com a maior das naturalidades, é que disse que ele é preto e que eu sou um racista por não saber quem ele é...

Como é possível nós termos esperança na humanidade havendo amostras de gente como esse anónimo??