terça-feira, 6 de setembro de 2016

Suécia: refugiadófila mata o seu próprio pai


Na Suécia, uma mulher de 41 anos que trabalhou com refugiados desacompanhados, Johanna Möller, foi presa por alegadamente ter assassinado o seu próprio pai e tentado matar também a sua mãe, diz aqui esta fonte que pode ser tendenciosa mas até prova em contrário é aquela base. Também um imigrante de 18 anos de nome Mohammad Rajabie foi detido.
Johanna, cujo marido morreu em situações misteriosas na casa de Verão dos seus pais em Arboga, é também acusada de ameaçar deportar jovens requerentes a asilo se estes não se relacionassem com ela.

2 comentários:

Afonso de Portugal disse...

«(...) diz aqui esta fonte que pode ser tendenciosa»

Tendencioso é o grandessíssimo filho da puta que disser que a fonte é tendenciosa sem o provar, isso sim!

FireHead disse...

Ah, mas isso é como mentir. Os outros é que mentem. Os que acusam os outros de ser mentirosos é que não mentem, por muito que eles próprios não consigam provar o que defendem. Ainda bem que eu sou "neutro".