sábado, 3 de setembro de 2016

Para o Estado Islâmico o Papa é o inimigo n.º 1!


Parece que todo o trabalho ecuménico deste Papa não está a surtir efeito absolutamente nenhum junto às hostes jihadistas do Estado Islâmico. Então não é que o grupo terrorista já afirmou que o Papa Francisco é o inimigo número 1, tendo até criticado este Sumo Pontífice por querer dialogar com o islão "moderado"? Repito: o inimigo número 1 para o Estado Islâmico é o Papa Francisco, não o Vladimir Putin ou o Donald Trump! E depois há também vídeos de propaganda do Estado Islâmico que mostram o Vaticano a ser destruído e até mesmo o Papa a ser assassinado!
Com que então este Papa adorado pelos católicos da treta e sobretudo pelos não-católicos, como a escumalha da esquerdalha, está assim em tão boa conta para os verdadeiros muçulmanos? Parece que considerar e defender que o islão é a "religião da paz", além de pedir para que o Ocidente abra indiscriminadamente as portas para os refugiados e imigrantes muçulmanos - entre eles terroristas e islamizadores -, agora já não vai ajudar este pobre Papa!

Sem comentários: