sexta-feira, 2 de setembro de 2016

«O islão não é a religião da paz»


É bom saber que ainda existe alguém consciente na hierarquia da Igreja Católica como é o caso do cardeal americano Raymond Leo Burke.
Depois do recente debate sobre a seita islâmica entre o Pe. Stuart Swetland e o especialista no que diz respeito ao islão Robert Spencer, com este último a escarrapachar nas fuças do primeiro, que apesar de ser padre acredita que o islão é mesmo pacífico até porque o Papa Francisco concorda com isso, que o islão não é a "religião da paz", o cardeal Burke mostrou todo o seu apoio a Robert Spencer. O Pe. Swetland recorreu, para sustentar a sua posição, ao documento Nostra Aetate, um documento que o Papa Bento XVI condenou por não ser dogmático (o que desde logo não obriga os católicos a seguirem-no, como é o caso do Concílio Vaticano II), além de que não fala também das "religiões perversas" como é de facto o islão.
"Se Deus é amor" então como é que Alá, que os muçulmanos e os politiqueiros correctos dizem que é o mesmo que Deus por defenderem que o islão também é abraâmico, "comanda os muçulmanos para matar os infiéis e estabeleceu o seu domínio pela violência?", perguntou o cardeal Burke. "Eu não acredito que seja verdade que adoramos o mesmo Deus. Dizer que todos nós acreditamos no amor não é simplesmente correcto. Tudo o que eu disse sobre o islão, incluindo especialmente o que está no meu livro (Hope for the World: To Unite All Things in Christ; "Esperança para o Mundo: Unir Todas as Coisas em Cristo"), é baseado nos meus próprios estudos dos textos do islão e também nos dos seus comentadores. O relativismo religioso que equivale católicos a muçulmanos sobre a natureza de Deus não respeita a verdade sobre o que cada religião ensina. Isto não é útil", disparou.
Agradeço ao camarada Pedro Erik por ter partilhado esta notícia no blogue dele, THYSELF O LORD.

4 comentários:

wind disse...

Hoje sim: Bom fim de semana:)

FireHead disse...

Finalmente!! Um bom fim-de-semana também para ti! :)

Afonso de Portugal disse...

Ah! Um dos tais 1%... :)

FireHead disse...

Não, deve ser para aí dos 0,1%... :)