segunda-feira, 19 de setembro de 2016

Merkel sofre derrota histórica em Berlim


O partido da Angela Merkel, União Democrata Cristã (CDU, não confundir com o partido dos comunas tugas), sofreu a maior derrota de que há memória desde o pós-guerra (1948) nas eleições regionais de Berlim, com uma descida para os 17,7%, ao mesmo tempo que o partido da extrema-direita Alternativa para a Alemanha (AfD) obteve 13,8%, ganhando lugares no parlamento. Na capital alemã ganhou, ainda assim, o Partido Social-Democrata (SPD) com 21,9% mas mesmo assim ficou com menos 6,5 pontos em relação a 2011.
Que horror, os populistas cresceram assim tanto!! Como é possível um partidozeco que tem a lata de se afirmar nacionalista e que não existia eleitoralmente antes de 2015 ter conseguido crescer tanto assim?? Terá alguma coisa a ver com a crise dos refugiados?

2 comentários:

Afonso de Portugal disse...

Toma, porca! Claro que isto ainda não chega... o que era realmente preciso era enforcá-la!

FireHead disse...

Ela já começou a pagar bem caro por causa da sua irracionalidade em relação à crise dos refugiados. E, como era de esperar, a AfD cresceu imenso precisamente à pala disso.