sábado, 10 de setembro de 2016

Gato resgatado dos escombros em Amatrice


Em Amatrice, a localidade italiana afectada por um poderoso sismo de magnitude 6.2 na escala de Richter no passado dia 24 de Agosto, as equipas de busca conseguiram resgatar o gato Pietro, que sobreviveu durante 16 dias preso nos destroços. O felino estava bastante desidratado e conseguiu sobreviver graças à água da chuva.

2 comentários:

Afonso de Portugal disse...

A sorte do Pedro foi ter nascido num local onde as pessoas respeitam os animais. Não sei se teria a mesma sorte se tivesse nascido no Médio Oriente ou em África.

FireHead disse...

Hmmm... o gato é o animal favorito do Maomé (QAMESE). Tal não quer dizer, no entanto, que não haja muçulmanos que maltratam e decapitam gatos. Se calhar é porque não sabem desse pequeno grande pormenor do homem perfeito que alguma vez pisou a terra e que tem necessária e urgentemente que ser copiado por todos os que se dizem muçulmanos.

Quanto ao salvamento do Pietro, isto para mim significa uma coisa: os gatos realmente têm 7 vidas (9 se for um gato aqui do Oriente). :)