segunda-feira, 12 de setembro de 2016

Catarina Martins quer a extinção dos Comandos!


A coordenadora do Bloco de Esterco, que desgraçadamente partilha o poder lá em Portugal graças ao António Costa que não queria morrer politicamente por nada deste mundo, quer a extinção dos Comandos depois da morte de dois jovens militares durante a sua formação.
Isto é o que acontece quando existem asnos políticos como esta imbecil. Se fôssemos pelo mesmo critério, o Bloco de Esterco nunca teria existido. E Portugal estaria muito melhor.

Anexo: Petição pública - Destituição da Catarina Martins de todos os cargos políticos e públicos de Portugal

12 comentários:

Anónimo disse...

O pais esta uma verdadeira anedota, deixamos chegar ao poder uma epidemia de corruptos, anedoticos e incapazes. Da esquerda a direita. Soares, Limas, Dias Loureiros, aquela cambada que meteu os bancos na ruina e ainda anda por la a rir-se de tudo. Somos conta as touradas mas a favor do Aborto. Temos animais em casa e pais e avos em Lares despejados. Somos uma sombra do que fomos. Se houve altura em que o pais baixou os valores de patriotismo, valores e sem duvida esta altura. Sai dos pais ha mais de 10 anos, estive em Angola, agora estou em Macau, e certamente voltar nao faz parte do cenario. Triste ver um pais que ja foi enorme, transformado naquela anedotica republica. Vou continuar exilado e tenho pena de nao termos politicos que possam trazer o pais para o rumo certo!!! (peco deculpa pela ortografia, mas o computador nao tem acentos)

sombra disse...

Essa tipa tem merda de galinha no lugar do cérebro

FireHead disse...

Anónimo,

Para começar, não tem nada que pedir desculpa pela ortografia, ora essa! O que interessa é que a gente perceba. :)

Os valores hoje em dia estão todos invertidos. Aliás, invertidos não é o adjectivo correcto, mas sim desaparecidos, que o que hoje há são antes contra-valores ou anti-valores. Não há Deus, não há Pátria, não há Família; há antes a descrença, o relativismo, a dúvida, os outros em primeiro lugar em detrimento dos nossos, ou novas formas de "família" que não passam de aberrações.

Conheço alguns portugueses radicados em Macau que também não tencionam regressar à sua terra. Mas aí eu estou um pouco céptico. Se muitos deles são já pessoas assim de idade, muitos outros são ainda rapazes novos ou de meia idade... e a julgar pelo que vejo e sinto, as coisas por cá vão continuar a piorar e muito à medida que vai cada vez mais aproximando-se e ficando mais e mais parecido com a República Popular da China.

FireHead disse...

Sombra,

Ela, os seus camaradas e também os comunas só estão a partilhar o poder porque são necessários para a geringonça permitida pela democracia. Mas já dá para termos uma ideia do que é que seria se Portugal fosse governado a 100% por essa escória.

wind disse...

Já antes do 25 de Abril sabíamos que os Comandos e os para quedistas eram malucos. lololol

FireHead disse...

Wind,

Não me digas que estás com isso a querer dizer que a Catarina Martins tem razão??

Ivan Baptista disse...

Os do Bloco, são um pouco Hipster na sua aparência. E na realidade, são um pouco ou muito, Esquerda caviar :|

FireHead disse...

Ivan Baptista,

Na realidade, são escória que não faz falta nenhuma.

wind disse...

Estou a dizer que os para-quedistas e os comandos tinham e têm treinos muito fortes. Só aguenta quem tem muita resistência e quem é maluco. Estas são as minhas palavras!

Observador disse...

Que peça também a extinção dos Fuzileiros e, porque não, do próprio Bloco?

FireHead disse...

Wind,

Treinos muito fortes? Se calhar porque querem que só os melhores se tornem paraquedistas e comandos. Mas daí a acabar com os Comandos por terem morrido dois jovens... Pá, é de lamentar o que aconteceu, como é claro, mas não vamos misturar as coisas! Também há muita gente que morre em acidentes de carro e não é por isso que vamos proibir os carros.

FireHead disse...

Observador,

Se o Bloco neste momento fosse extinto, voltaria a Direita para o poder, não é assim?