quarta-feira, 14 de setembro de 2016

As rendas desta vida


in Hoje Macau, 13 de Setembro de 2016

2 comentários:

Adilson disse...

Meu amigo, de fato! Isso é global. Sempre falo aos meus filhos que eles hão de ver muita coisas que eu mesmo não gostaria.

FireHead disse...

É. E dizem que é o "progresso". Que o mundo anda para a frente e não para trás. Manter o que de bom já existia é uma coisa má. É preciso mudar. E deixar perder a essência e a alma das coisas.

Macau, tal como Hong Kong, estão a sofrer um desgraçado processo de chinesificação. A República Popular da China, desde o seu surgimento em 1949, começou a destruir as próprias identidades chinesas e mais daqui a uns tempos é provável que tudo aquilo que restar da verdadeira China será apenas e só encontrado em Taiwan, a República da China, que resiste vitoriosamente ao cancro do comunismo, por muito disfarçado de capitalismo ele possa estar.