quinta-feira, 25 de agosto de 2016

RedBull não dá asas, não


Esta notícia já é de 2014: a jovem Lanna Hamann, de apenas 16 anos e do Estado norte-americano do Arizona, viajou para o México com os seus pais e amigos e teve um ataque cardíaco numa praia, acabando por morrer. Consta que momentos antes de morrer ela ingeriu RedBull, uma famosa bebida energética que todos nós conhecemos (eu nunca experimentei) e que Lanna, que praticava softball e aparentemente era saudável, bebia regularmente.
De acordo com o especialista cardíaco Jack Wolfson, as bebidas energéticas têm muita cafeína e açúcar, podendo causar alterações no ritmo cardíaco e impactar a pressão sanguínea mesmo nas pessoas saudáveis e atletas. No caso de Lanna, o facto de ela não se ter hidratado com água convenientemente e ter-se exposto ao sol da praia sem gastar a energia da bebida energética pode ter-lhe causado a paragem cardíaca.
A mãe de Lanna, Kris, espera que o que aconteceu à sua filha possa evitar tragédias semelhantes no futuro. Façamos a nossa parte e partilhemos esta notícia.

17 comentários:

Anónimo disse...

É impressao minha ou os cidados dos EUA estao cada vez mais parecidos com norte-mexicanos ?

comparem os jovens dos anos 60,70 e ate mesmo 80 com os jovens atuais .A diferença fenotipa é gritante .

a america wasp a muito tempo ficou na historia . mas nao deixa de ser notavel o quao rapido isso ocorreu,
Ate 40 anos atras fenotipos como o de , por ex, kim carnes e Christopher Reeve eram comum na america ,hoje sao rarissimos .

Lura do Grilo disse...

Sem dúvida: um perigo já conhecido e desnecessário. Ilude os sinais do corpo e depois ...

FireHead disse...

Anónimo,

É capaz de ser impressão tua. Para mim e para quem tem dois dedos de testa e nenhum problema na vista facilmente vê que na foto não estão hispânicos (e não digo mexicanos porque também há mexicanos brancos).

São raríssimos? Que chatice. Não faz mal, isso resolve-se com lixívia. Depois de um banho de lixívia, todos ficam brancos que nem cal como tu. XD

FireHead disse...

Lura do Grilo,

Já muitas outras pessoas morreram à pala do RedBull. Não sei porque é que ainda não o retiraram do mercado.

wind disse...

Eu também não tomo estas porcarias.
É tudo sintético e só faz mal!

FireHead disse...

Wind,

Nunca tive curiosidade em saber a que é que sabe o RedBull e estou muito bem assim. Agora também já muito raramente bebo refrigerantes por causa da quantidade de açúcar. Mesmo os ditos sumos de laranja, ananás ou maçã. Tudo tem aditivos e muito açúcar. Sumos só mesmo naturais. Há muito tempo que só bebo mesmo mais é água, chá e leite meio gordo. Também nunca fui adepto de bebidas alcoólicas.

wind disse...

Eu também não bebo, estou como tu:)

Anónimo disse...

"É capaz de ser impressão tua. Para mim e para quem tem dois dedos de testa e nenhum problema na vista facilmente vê que na foto não estão hispânicos (e não digo mexicanos porque também há mexicanos brancos)."


Nem percebi o rapaz ,ao contrario da moça que é claramente miscigenada tal como norte-mexicanos "brancos".

Estou bem satifeito com minha origem e prezo muito pelos meus iguais ,temos pena que isto te chateias.

Portuguesinha disse...

Tens sede? Bebe água.
Os americanos têm esta fixação por certas bebidas. alguns as tomam religiosamente. Não me surpreenderia que o excesso rotineiro da sua ingestão causasse a morte. Já vi o caso de um desportista que tinha todos os cuidados mas... recorria a essas bebidas e a "suplementos" para ganhar músculo mais depressa. Lol. Se uma pessoa quer levar uma vida saudável não é ingerindo coisas artificiais que chega lá. A natureza dá tudo o que precisamos.

Fazes bem em partilhar.

Afonso de Portugal disse...

Para quê beber Touro Vermelho quando se pode ter vinho tinto?

FireHead disse...

Wind,

Hehehe, mas eu tenho um motivo extra: estou a querer reduzir a minha pança. :P

FireHead disse...

Anónimo,

Se para ti ela era uma mestiça, pois faz um bom proveito com a tua opinião que ela vale o que vale e eu estou-me a cagar completamente lá do alto para ela.

E não, eu não me chateio com o facto de haver gente satisfeita com as suas origens. Pelo contrário até, eu gosto que haja diversidade, que assim aumenta também o leque de escolhas por parte das pessoas. E assim, quem não quer misturas também tem sempre a hipótese de não se misturar. Tudo muito bonito.

Quem fica mesmo muito chateado com isso és tu, que não suportas que haja brancos que prefiram mulheres doutras raças e depois fazerem filhos com elas. Ora, não queres, não te mistures; quereres impedir agora que todos os outros pensem e ajam como tu? Que chatice, né? Vai lá fazer a tua birrinha para os blogues do costume, para ao pé da tua "malta", que, tal como tu, não se preocupam em engatar brancas e fazer filhos brancos (vamos supor que vocês são todos mesmo brancos, é claro) que é para perpetuarem a raça branca. Estarem por aqui a destilar veneno e ódio é que é!

FireHead disse...

Portuguesinha,

Sim, a água é que mata a sede! É o que antigamente me diziam sempre para eu beber todas as vezes que eu me queixava que tinha sede... e queria era beber Coca-Cola. :P

FireHead disse...

Afonso de Portugal,

Eu nem uma coisa nem outra. Não consigo gostar de bebidas alcoólicas. Dantes bebia socialmente, mas nunca consegui mesmo gostar disso. Portanto o melhor que fiz foi deixar de me enganar a mim próprio. Não quer dizer que não bebo desta água, mas a acontecer é mesmo ultra raro, tipo para comemorar algo mesmo.

Afonso de Portugal disse...

Mas que rapazinho tão saudável! :) Já só falta virares vegetariano e praticares Ioga! :P

FireHead disse...

Vegetariano não sou, embora por vezes aprecie comida vegetariana para limpar as tripas. :)

Quanto ao yoga, esquece lá isso, que é uma prática demoníaca. Já cheguei a falar disso aqui no blogue.

Afonso de Portugal disse...

:-O