terça-feira, 2 de agosto de 2016

Quase 900 sírios criminosos detidos no UK em 2015


Foi revelado que quase 900 sírios foram detidos em Inglaterra e no País de Gales por crimes como violações, roubos, pedofilia e ameaças de morte só no ano passado. A polícia britânica tem andado a esconder isso com receio de que isso faria aumentar a tendência «xenófoba» contra os refugiados entre os britânicos, mas acabou, talvez sob pressão, por fornecer alguns dados.
É assim que fica o mundo se dermos ouvidos a gente como o Papa Francisco, que crê num possível mundo novo sem barreiras nem fronteiras, e nos esquerdistas convictamente apátridas e multiculturalistas.

4 comentários:

Anónimo disse...

Não faz mal, é preciso continuar a acolher mais refugiados. Quantos mais, melhor.

FireHead disse...

Proponho que todo o mundo que não esteja em guerra se disponibilize para aceitar refugiados e não apenas e só os países do Ocidente, como os da América do Norte, da Europa e se calhar também os da Oceania. Como tal, sugiro que os países latino-americanos, africanos e sul-asiáticos aceitem, ou melhor, peçam para receber refugiados. Tenho dúvidas de que um refugiado colocado na Papua Nova Guiné vá fazer como os refugiados estacionados em Portugal e exija ir para a Alemanha ou para a Suécia.

Afonso de Portugal disse...

Um dia, isto será pago bem caro, com muito sangue e muitas lágrimas...

FireHead disse...

Hmmm acho que já está a haver muito sangue e muitas lágrimas... das vítimas desses criminosos.