quarta-feira, 3 de agosto de 2016

O New York Times acredita que mostrar fotos antigas em que a mulher do Donald Trump aparece nua ajuda a encornada da Hillary Clinton?


A mulher do Donald Trump, a modelo eslovena Melania Knauss, tinha 25 anos quando deixou fotografar-se nua para uma revista francesa. Nada que tenha incomodado o candidato republicano que disse que a mulher dele há 21 anos atrás era uma das mais bem sucedidas modelos e que estas fotos foram tiradas ainda antes dele a conhecer...


Força, Donald Trump!

8 comentários:

Anónimo disse...

Os crónicos adeptos do politicamente correcto continuam apostados no medo de verem Trump presidente Norte-Americano. Preferem mesmo umas mil vezes que a Hillary vença as eleições. Essa gente é mesmo uma merda das grossas.

Ivan Baptista disse...

Ainda não tinha visto as fotos da Melania Knauss ! Mas que mulher ! Que Deusa ! Enfim, não acredito muito que a Melania ficasse com o apelido Trump por "amor", hehe :)

FireHead disse...

Anónimo,

É claro que eles andam com medo, pois afinal de contas no início ninguém dava nada pelo Trump, diziam que ele é um maluquinho (ainda o dizem), lunático, fanático, racista, xenófobo, islamofóbico (estas coisas todas do costume por ele não alinhar com o politicamente correcto), que não tinha hipóteses nenhumas, que ia ser logo posto no seu devido lugar, etc. e tal, e agora têm de o gramar até ao fim. Ele até pode não ser o próximo presidente dos EUA, mas pelo menos está lá para concorrer para esse cargo contra uma tipa mentirosa, bandida, abortista e batoteira que passou sem escrúpulos por cima do Sanders. E este, parvinho como tudo, ainda a apoia porque não quer apoiar o Trump, é claro. Há gente sem dignidade nenhuma e há gente totó em todo o lado, e os que vão votar na Hillary são claramente uns totós.

FireHead disse...

Ivan Baptista,

Pode ter sido amor... ao dinheiro. Hehehe. :)

Mas olha, digo-te uma coisa: a filha do Donald, a Ivanka, é bonita e boa todos os dias... que pedaço de mulher! Prefiro-a à madrasta quando tinha 25 anos. :)

Afonso de Portugal disse...

O New York Times, como bom jornal esquerdalhista, está apostado em alienar os evangélicos. Mas desconfio que lhes vai sair o tiro pela culatra...

Adilson disse...

A esquerda é podre. Tolera as maiores barbaridades entre os seus, mas quer condenar um pequeno vício privado do oponente. Aliás, um ato praticado num passado remoto e que em nada interfere na vida alheia ou de um país, e que sequer causa a morte alheia! Aí eu pergunto: estamos ou não diante de um exército de doentes mentais?

FireHead disse...

Afonso de Portugal,

Vamos lá ver. Parece que a Hillary Clinton já voltou entretanto a estar por cima nas sondagens. A luta vai ser renhida até ao último minuto, acredito eu!

FireHead disse...

Adilson,

Pois, eu também gostava de entender qual é que foi a intenção do New York Times. Tipo, a gaja na altura ainda nem sequer estava com o Trump, já era maior, vacinada e livre... onde é que está o problema dela ter feito o que fez, ainda por cima é algo do conhecimento do Trump? Não haverá nos Estados Unidos nenhum jornal que queira publicar fotografias de todas as amantes que o Bill Clinton teve? Olha, podia recuperar as foto da Lewinsky e ressuscitar o caso, falando disso todos os dias que é para ver como é que a Hillary se sentiria...