sexta-feira, 19 de agosto de 2016

Menino sírio ferido comove o mundo

video

O menino sírio Omar Daqneesh, de cinco anos, ficou ferido após um bombardeamento russo em Aleppo, na Síria, numa parte da cidade que é ainda controlada pelos rebeldes (terroristas islâmicos) que querem mandar o regime de Bashar al-Assad abaixo para destruir (ainda mais) o país. Já se tornou inclusive no símbolo do drama de Aleppo para a politicagem correcta e felizmente a família dele também está bem.
Omar foi salvo por um homem e colocado numa ambulância e o vídeo do seu salvamento comoveu o mundo. Não fossem aqueles que armaram os rebeldes (obrigado, Obama!) e a esta hora não haveria este vídeo para o mundo se comover e dizer cobras e lagartos da guerra na Síria que também já provocou a dita crise dos refugiados (embora a maioria dos refugiados seja da Síria, muitos há que são de outros países que não estão em guerra). Por causa disso a Rússia, que apoia o Bashar al-Assad como qualquer pessoa com bom senso tem e deve apoiar, entretanto já aceitou uma trégua de 48 horas.
É verdade que há imagens que valem mais que mil palavras. Todavia, é pena muitas outras crianças do Médio Oriente ou em África não terem o mesmo tempo de antena que o Omar Daqneesh. Muitas delas, por exemplo as que são cristãs, morrem martirizadas sem mesmo que o mundo dê conta disso.

4 comentários:

Afonso de Portugal disse...

Mais uma imagem para ser usada e abusada para explorar o complexo de culpa dos papalvos europeus...

FireHead disse...

Se o menino tivesse sido executado por jihadistas islâmicos por não ser suficiente muçulmano, ou por ser um xiíta (é provável que seja, pois é sírio), quem é que se lembraria de falar dele? Se calhar não haveria vídeo nenhum...

Anónimo disse...

Vê só, o autor destas imagens do menino sírio é um homem que pertence ao Nourredine Al-Zinki, um grupo terrorista islâmico:

http://www.leparisien.fr/international/syrie-la-face-obscure-du-photographe-qui-a-immortalise-omrane-19-08-2016-6054071.php

Desse grupo fazem parte responsáveis pela decapitação de um menino de 11 anos que foi acusado de espionagem.

FireHead disse...

Porque será que isso não me surpreende???