quarta-feira, 24 de agosto de 2016

Islão: o que os outros dizem

Breitbart: depois de termos ficado a saber que o bombista suicida de Gaziantep, na Turquia, era uma criança, uma outra criança foi enviada pelo Estado Islâmico com explosivos pendurados à cintura para fazer-se explodir na cidade iraquiana de Kirkut.

video
O que vale é que este puto foi prontamente detido e salvo...

Euronews: e enquanto a Angela Merkel vai continuando a permitir a invasão de alógenos na Alemanha, os alemães já se preparam para eventuais novos ataques terroristas. Trata-se de algo que já não acontecia desde o fim da Guerra Fria.

video
A Alemanha encontra-se actualmente em alerta máximo

UK Express: depois das "pulseiras milagrosas que repelem os muçulmanos violadores que querem atacar sexualmente as nativas 'infiéis' na Suécia", tatuagens temporárias com a palavra "não" e duas asas de anjo para impedirem que as raparigas sejam assediadas por muçulmanos nas piscinas do Estado federal alemão de Baden-Württemberg (vede só, não era essa a localidade onde se vive muito bem e que é muito desenvolvida graças à imigração?)!

Ja, das ist richtig! Isso vai mesmo impedir os assédios sexuais!
UK Daily Mail: um novo vídeo de propaganda do Estado Islâmico está a incentivar os muçulmanos a usarem utensílios domésticos contra os "infiéis" no Ocidente seguindo o exemplo do jihadista Mohamed Lahouaiej Bouhlel que matou 86 pessoas com um camião no dia nacional de França em Nice.

Segundo o PJ Media, o filme fala essencialmente dos EUA e de França
Jihad Watch: depois de muitos "maluquinhos", temos agora finalmente uma "maluquinha", que é o mesmo que dizer uma terrorista muçulmana! Uma mulher de "aspecto asiático" e com véu na cabeça atacou três pessoas com um machete num autocarro em Bruxelas, na Bélgica, enquanto gritava o famoso Allahu Akbar.

"Maluquinho" agora é um eufemismo para terrorista ou lobo solitário islâmico
Pamela Geller: um californiano convertido ao islão, Nathaniel Scheiern, de 35 anos, decapitou os seus avós adoptivos e deu graças a Alá porque com certeza que o que fez tem a ver com a causa da jihad contra os "infiéis" (ou seja, é mais um convertido que não entende que "o islão é da paz"). Nathaniel está agora preso e até tem uma advogada para defendê-lo e tudo. Ela chama-se Christina Behle.

Nathaniel chegou até a pôr o vídeo da decapitação dos seus avós adoptivos no Facebook
Change.org: há uma petição online para mandar a advogada liberal lésbica norte-americana Sally Kohn de férias para a Arábia Saudita (sem guarda-costas) por ela ter defendido que a lei da sharia é "amiga" das feministas e da comunidade LGBT.

Quem quiser assinar esta petição que assine
Diversity Macht Frei: há cristãos que escondem a sua fé por medo dos muçulmanos, mas isso não é no Paquistão ou no Bangladesh mas sim... em Itália! Foi o que aconteceu em Rimini num festival católico organizado anualmente por um movimento político conservador em que a imagem de Nossa Senhora foi coberta para não ofender sensibilidades muçulmanas! Também na apanha de tomate nos campos de Puglia, os trabalhadores cristãos têm receio de ir à Missa aos domingos por causa dos seus colegas muçulmanos e por serem uma minoria...

Mas, claro, não existe nenhuma islamização...
Christian Daily: o pastor protestante sírio Saeed Ziadah e a sua mulher, Rana, fugiram da Síria porque eram perseguidos pelos muçulmanos, refugiaram-se na Noruega, ainda por cima numa cidade quase erma de nome Finnsnes... e agora continuam na mesma a ser perseguidos pelos muçulmanos, desta vez com ameaças de morte no Facebook.

O pastor lamentou ainda a perda de fé dos noruegueses em Cristo. Sinal dos tempos...
Cablemel TV: cerca de 40 imigrantes ilegais africanos subsarianos conseguiram ultrapassar com sucesso a fronteira que separa Marrocos de Melilla, que pertence a Espanha, e ficaram muito felizes com isso. Agora vão com toda a certeza alegar asilo.

video
Com sorte pode ser que eles não atravessem o Mediterrâneo...

6 comentários:

C disse...

Não é mal pensado levar a lésbica para a arábia saudita que viva feliz perto dos muçulmanos se é esse o seu desejo.

wind disse...

Só para "dizer" boa tarde:)

FireHead disse...

C,

A petição consiste em mandá-la para lá apenas durante uma semana. É capaz de ser mais que suficiente para a parvalhona abrir a porcaria da pestana para a puta da realidade.

O problema desses imbecis islamófilos (os tais que ficam todos stressados quando se confrontam com a "islamofobia") é viverem num mundo que eles próprios pintam. E o mais engraçado é haver gente dessa que nem sequer admite que é de esquerda.

FireHead disse...

Wind,

Aqui a esta hora é bom dia. Ontem à noite não actualizei os comentários do blogue. :)

Beijinhos.

Lura do Grilo disse...

Esta mania das muçulmanas irem lavar a roupa para a praia tem que acabar.

FireHead disse...

Lura do Grilo,

Os esquerdistas acham que não! Eles defendem que as mulheres têm todo o direito de se vestirem como querem! Se elas querem parecer sacos de lixo em público elas têm todo o direito de se parecerem com sacos de lixo!

Pela mesma ordem de ideias os esquerdistas deviam aceitar bem a mutilação genital feminina porque há mulheres que querem, elas próprias, a mutilação genital feminina. E se elas querem então os esquerdistas só podem dizer que temos que respeitar a vontade delas, não é assim?

Se este mundo não tivesse um só esquerdista é que era bom. Estou farto deles. São escória pura e dura. Merda ambulante.