sexta-feira, 5 de agosto de 2016

Andrades corruptos atacam Turismo de Portugal


Como deveis estar lembrados, após a incrível vitória de Portugal na final do Euro 2016 sobre a França, um menino luso-descendente comoveu imensa gente ao abraçar um adepto francês que estava triste com a derrota da sua selecção. As imagens de Mathis Devillier abraçado ao Anthony Vizzacaro correram mundo e fizeram com que o Turismo de Portugal os convidasse a ambos para visitarem Portugal.


Mathis, adepto do Sporting, e Anthony, simpatizante do Benfica, conheceram os estádios e os museus dos seus respectivos clubes, o que levou a agremiação corrupta do fcp, a abarrotar de azia, a reagir muito mal. Através do seu boletim de notícias Dragões Diário, o clube dos corruptos assumidos disse que "O jovem francês foi convidado a conhecer a capital do império e os seus arredores. Mas inaceitável foi levar o jovem a visitar o estádio e o museu do Benfica, dentro daquela ideia muito lisboeta que o clube da Luz é uma espécie de Luís XIV do desporto". Os Andrades afirmaram também que é "uma perda de tempo explicar aos néscios do Turismo de Portugal que o bom senso aconselharia a não misturar clubes numa coisa destas" e deixaram uma sugestão ao presidente do organismo, Luís Araújo: "Mude o nome para Turismo de Lisboa, mas que seja financiado com o dinheiro dos impostos de quem beneficia das brilhantes acções de promoção do turismo da capital portuguesa".


Faço minhas as palavras do jornalista Costa Santos Sr., especializado em desporto: "Comentar esta atitude provinciana é absolutamente desnecessário. Fala por si. As palavras, mal alinhavadas, confirmam toda a falta de fair-play existente por aquelas bandas. Mathis e Anthony são simpatizantes dos dois clubes da capital, não do FC Porto. A sua ida a Portugal é reflexo do gesto vivido e difundido mundo fora e nunca poderiam ser encaminhados para uma visita a um local que não lhes diz nada! Esta clubite, elevada à máxima potência, é bem tradutora da falta de bases civilizadas para que o seu lamento tenha sustentabilidade..."

Sem comentários: