sexta-feira, 1 de julho de 2016

Orbán responsabiliza a crise migratória pelo Brexit


O primeiro-ministro húngaro, Viktor Orbán, o tal que é um «faxista», «nazi» e «xenófobo», essas coisas todas ao mesmo tempo, disse, num discurso, que é preciso restaurar a natureza democrática na União Europeia cuja base está nos países que a compõem e não nas instituições comunitárias. A causa do Brexit é, segundo o político, a crise migratória e que mais referendos surgirão. O partido de Orbán, Fidesz, deverá realizar um referendo em Setembro ou em Outubro para saber se a população húngara deve ou não rejeitar futuras quotas impostas pela União Europeia em relação aos refugiados.

Sem comentários: