quinta-feira, 7 de julho de 2016

O porquê da demissão de Nigel Farage


Chegou a confirmação do que eu já suspeitava: Nigel Farage decidiu abandonar a liderança do UKIP em parte devido às constantes ameaças de morte. Where's democracy in the UK?

6 comentários:

Anónimo disse...

os idiotas que querem um novo referendo por causa do brexit não são nada amigos da democracia. é um pouco como na tuga depois do primeiro referendo do aborto em que ganharam os que nao concordavam com o aborto. Sócrates e o esquerdelho mostraram que a democracia é boa e existe quando é para conseguir o que eles querem

FireHead disse...

Os Bremainers agora que chuchem no dedo. Podem agora vir com a conversa de que há gajos que votaram no Brexit e que agora estão arrependidos, e depois? Também em Portugal há gente que votou no sim à despenalização do aborto e que agora está arrependida! Vai o António Costa fazer agora um novo referendo? Não, pois não? E qual democracia?? Se nos EUA se lembrassem de fazer um referendo que é para ver se a população concorda ou não com o "casamento gay", qual é que achas que seria o resultado? Os gajos têm medo de referendos precisamente por causa disso, têm medo que o povo, que é lixado, não alinhe na conversa deles. Por isso que a democracia nestes casos não existe simplesmente.

Dr. No disse...

"Os gajos têm medo de referendos precisamente por causa disso, têm medo que o povo, que é lixado, não alinhe na conversa deles. Por isso que a democracia nestes casos não existe simplesmente."

FireHead
aqui vai um link para ler a opinião de um "idiota útil":
http://economico.sapo.pt/noticias/referendomania_253820.html

FireHead disse...

Lê os comentários deste artigo. Parece que falam por si.

Mas gostei duma coisa que ele escreveu: com que então "esquerda xenófoba"?? :)

Anónimo disse...

farage é so um malandro que encheu o bolso com a destruiçao do nacionalismo britanico(ele proprio afirmou que a aniquilaçao do BNP era seu principal objetivo). nunca foi nacionalista ou contra a imigraçao que destroe a inglaterra . o papel da farage foi o de captar os descontentes com o sistema e leva-los para longe do nacionalismo abordando questões sem relevancia como o da UE.

FireHead disse...

Ah sim, destruição do nacionalismo britânico, uhuhuu que medoooo, o Britain First é que é verdadeiramente nacionalista, mas não vai lá, coitadinho do partido, isto quer dizer que afinal o UK está condenado até à ponta das unhas, já não há nada a fazer, lá vão os camaradas todos do Carlos Broche chorar para os cantinhos, snif snif, o Ocidente acabou, a raça branca acabou... agora é ficar a mandar boquinhas infelizes e ressabiadas porque a humanidade já acabou e o Farage, tal como a Marine, o Wilders, o Orbán, etc. são todos uns malandros que querem destruir o nacionalismo dizendo ironicamente que são nacionalistas. É a ta história da falsa oposição, dos infiltrados, dos agentes sionistas, tudo com o que fundamental interesse de destruir a raça branca porque, já se sabe, no mundo só existem os brancos e os não-brancos.