sábado, 16 de julho de 2016

Notas soltas

Na Assembleia da República, a maioria de esquerda chumbou a proposta do PSD e do CDS-PP que prevê a criminalização do abandono de idosos...

Os idosos não são uma das prioridades da gerigonça...
Um quarentão de Cabanelas, Vila Verde, foi detido sob a acusação de "fazer sexo" com porcas e galinhas. O zoófilo, que é solteiro, desempregado e alcoólico, foi denunciado pela sua própria família e vai ser avaliado psiquiatricamente para saber se é ou não susceptível de vir a ser condenado num eventual julgamento...

Já agora, o PAN diz que recebe denúncias de zoofilia...
Na Cidade do México, a jovem psicóloga Tania Trinidad Paredes, de 23 anos, morreu asfixiada depois de ter feito sexo harcore com um dos dois rapazes com quem partilhava um apartamento. Juan Javier Jonathan Ruiz Torres, de 32 anos, esbofeteou Tania durante o acto sexual, enforcou-a com um cabo que estava ao lado da cama a pedido da própria Tania, assumiu a culpa e está agora detido. Antes de ser detido, contou às autoridades que Tania, depois de uma noite de bebedeira, sugeriu primeiro sexo a três, mas o outro inquilino do apartamento, José Luis Arzate Martinez, não quis...

O que é que o álcool fez...
Em Connecticut, nos EUA, o polícia reformado Peter Getz compareceu na cerimónia de formatura da jovem Josibelk Aponte, uma rapariga que Peter salvou de um incêndio há 18 anos atrás quando ela tinha apenas cinco anos.

"Estou muito orgulhoso dela, por todas as adversidades que ela superou", disse Peter
Na cidade de Bozhou, na província chinesa de Anhui, uma mulher agrediu verbal e fisicamente no meio da rua uma jovem que seria a amante do seu marido. Completamente fora de si, e ajudada por outras mulheres solidárias com a sua dor de corno, a mulher rasgou ainda a roupa da vítima, deixando-a seminua e a chorar sem que ninguém viesse em seu auxílio. A rede social chinesa Weibo não perdoou a agressora, dizendo que bater em alguém e arrancar a sua roupa é contra a lei...

"Que cadela! Não admira que o marido dela tenha outra", disse uma internauta
Ainda na China, agora no Turquestão chinês, ou seja, em Xinjiang, um homem arrancou as calças de um pedinte que se fazia movimentar em cima de um carrinho, supostamente por não ter pernas, expondo a fraude. Afinal o mendigo não era nenhum amputado, tinha era as pernas muito bem dobradas dentro das calças...

O incidente foi na cidade de Altay, no norte da região autónoma de Xinjiang
A febre do novo jogo de telemóvel Pokémon Go, que permite encontrar os icónicos 151 monstrinhos da série animada Pokémon no "mundo real", está a afectar o globo e tem causado uma série de episódios insólitos. Que o diga a norte-americana Shayla Wiggins, de 19 anos e natural de Wyoming, que queria apanhar mais um pokémon mas acabou antes por descobrir um cadáver num parque de caravanas onde estava a passar umas férias com a mãe. "Estava a tentar encontrar um pokémon aquático numa fonte de água natural e segui em direcção ao rio. Passei a ponte e segui pela margem quando vi qualquer coisa a flutuar dentro de água. Tive que olhar duas vezes para perceber que era um homem morto. Fiquei em choque", contou a rapariga ao County 10. Fonte oficial da polícia assegura que o homem ter-se-á afogado no rio dias antes de ser encontrado. O jogo Pokémon Go, que ainda está em fase de testes mas já está também disponível em Portugal, utiliza a geolocalização e convida os "treinadores" a passear pelas ruas para encontrarem e apanharem todos os "monstrinhos", ao mesmo tempo que podem juntar-se a equipas de outros jogadores e defenderem/conquistarem ginásios.

Diz o jornal Guardian que já há ladrões que planeiam assaltos através do Pokémon Go...
No Reino Unido, o negro Hugh Muir celebrou num artigo dele lá no jornal The Guardian o fim da resistência branca nos últimos redutos brancos, os subúrbios, apesar do resultado do referendo sobre o Brexit ter trazido com ele uma onda de violenta intolerância. Segundo Hugh Muir, o que está a acontecer agora é preocupante, mas, citando o Think Tank Demos, prevê-se que as minorias aumentarão consideravelmente até 2061. E deixou o alerta: "Aqueles que conseguem estar confortáveis com a Grã-Bretanha em mudança abraçam-na ou fazem o melhor dela. Os que não conseguem fazem as malas e zarpam".

Realmente há motivos para celebrar o decréscimo da população branca no Reino Unido...
O herói da final do Euro 2016, Éder, disse que não guarda qualquer rancor de todos aqueles que o criticaram. Considerado pelo próprio Fernando Santos como um patinho feio da selecção por causa das críticas que lhe foram endereçadas no início da competição, Éder continua nas nuvens e até chegou a fazer com que um inglês ganhasse 1 milhão de libras com o golo que marcou...

Éder revê o golo que marcou
Rui Nibra já não deverá mais ser o guarda-redes do Benfica de Macau. O jogador natural de Esposende, que já chegou a fazer manchete em Portugal, seguiu de férias e já não deverá regressar para ajudar o tricampeão macaense nos jogos de qualificação para a Taça AFC e na Bolinha (futebol de sete). O dirigente benfiquista Duarte Alves confirmou isso mesmo, esperando que Rui Nibra consiga concretizar o seu sonho de representar um clube das ligas profissionais em Portugal ou numa competição mais a sério do que Macau. Os encarnados do território já foram buscar o guarda-redes brasileiro Batista, ex-Ka I, que recusou uma proposta do Lam Pak, e partem dia 17 de Agosto para o Quirguistão onde vão defrontar o Dondoi, a equipa da casa, e o Rovers de Guam, regressando no dia 25. "O futebol de Macau só tem a ganhar com esta nossa entrada nas eliminatórias da AFC Cup. Se conseguirmos passar à segunda fase, teremos jogos em casa e fora, pelo que será muito importante para desenvolver o futebol na RAEM, chamar mais gente às bancadas e arranjar mais patrocinadores. Todos temos a ganhar. Neste caso é o Benfica que vai representar a RAEM, mas poderia ser outro clube e nós apoiaríamos na mesma, cedendo até alguns dos nossos jogadores", sublinhou Duarte Alves.

Xau, Rui Nibra! Boa sorte na tua nova aventura!

2 comentários:

Portuguesinha disse...

Ora "porra" para essa multiculturalidade!
Se isso é sempre arma de arremeço para aniquilar as liberdades há muito adquiridas num país livre e democrático. Aceitamos-os mas calma com o andor! Adaptem-se. Vivem na sociedade para a qual se enfiaram. Se eu fosse para a deles também tinha de vergar a espinha... No privado, no círculo de amigos aí podia fazer o que quisesse. Podia ir frequentar uma igreja católica (existem por lá??) se me apetecesse que ninguém ia ser apedrejado até à morte à saída da mesma....

Proibir a presença de cães na rua... Quando estes são tão mais dignos de pisar o chão do que muitos que os desdenham!

FireHead disse...

Em Inglaterra? Claro que há. O Catolicismo ou é a segunda religião mais praticada por lá ou mesmo a primeira, um pouco à frente do islão.

PS. Comentaste na posta errada. :P