domingo, 31 de julho de 2016

Muçulmano vandaliza igreja em Hamburgo


Um alógeno muçulmano de 19 anos natural do Afeganistão vandalizou uma igreja na cidade alemã de Hamburgo "porque eu sou muçulmano". Segundo testemunhas, os fiéis que estavam na Igreja da Reconciliação (Versöhnungskirche) não o impediram porque estavam com medo, possivelmente que ele se fizesse explodir e mandar tudo para os ares.
Gente como o Papa Francisco, como foi referido na posta anterior, é capaz de não saber que, segundo o Alcorão, os cristãos estão amaldiçoados (Sura 9:29), são "criaturas malignas" (Sura 98:5), não podem ser tidos como amigos (Sura 5:50) e devem ser combatidos (Sura 9:28) até que o islão vença todas as outras religiões (Sura 48:27)...

18 comentários:

Adilson disse...

"os fiéis estavam com medo"! Essas palavras me doeram! Ah! O safado fez tudo isso diante dos olhos dos fiéis? Eu quero que um porco desse tente fazer isso aqui! Ah, tá! Garanto que os fiéis aqui vão saber o que fazer.

FireHead disse...

Estavam com medo que ele arrebentasse e matassem todos. Que cambada de islamofóbicos que eles são. Podiam e deviam ter enveredado pela via do diálogo, para estabelecerem pontes de entendimento e de harmonia, porque afinal de contas o islão tem sim senhor lugar nas sociedades europeias e porque o Cristianismo está morribundo e está a perder cada vez mais influência, de tal modo que a sociedade agora, com abortos, eutanásia, enlaces gays, etc., está mais que pronta para se adaptar às necessidades do islão.

Afonso de Portugal disse...

Aposto que a igreja ficou muito mais rica e vibrante! Viva o multiculturalismo!

Anónimo disse...

Conheço alguém que se vai dedicar a provar que és racista e xenófobo, e vais sofrer muito com isso. Podes desvalorizar aquilo que te estou a dizer agora, mas lembra-te que te avisei.

FireHead disse...

Afonso de Portugal,

As pessoas que estavam lá na igreja e que assistiram à cena parece que não vibraram lá muito...

FireHead disse...

Anónimo,

Racista e xenófobo? Quem, eu? Logo eu que sou mestiço e tenho a chavala que tenho??

Eu acho que no lugar de perder tempo precioso comigo podia-se antes fazer coisas bem mais interessantes e úteis, mas pronto, é apenas a minha opinião. Se há quem se diverte em tentar provar o que não pode ser provado, o problema não é meu.

Ah e que tal dizeres quem é esse teu conhecido? E identificares-te também?

Anónimo disse...

Tu racista e xenófobo, iá. Sei muito bem como é que tu falas com os teus patrícios chineses, é com um olhar de ódio extremamente carregado. Sei também que lá na universidade tinhas um amigo preto com quem chegavas a ir muitas vezes ao Martim Moniz. Também o odiavas com todo o teu ser. Iá, man, tu não consegues disfarçar o teu racismo e xenofobia. E já nem falo das tuas constantes idas à China.

FireHead disse...

Anónimo das 13:01,

E tu, porque é que não te identificas? É que parece que tu conheces-me. Tirando a parte da ironia, começo a ficar um pouco preocupado com os comentários de anónimos que eu vou recebendo por aqui (muitos deles, é claro, são censurados).

Afonso de Portugal disse...

«(...) começo a ficar um pouco preocupado com os comentários de anónimos que eu vou recebendo por aqui»

O que eles querem é precisamente isso! Caga nos anormais. Ou são antifas ou nazionaliztaz, nada que se aproveite!

Anónimo disse...

Sou o anónimo das 10:20. Desde quando é que passou a ser mandatorio os anónimos se identificarem? Ou é só para que não falam bem do menino? Quanto ao meu conhecido que por acaso não conheço de lado nenhum sabes muito bem de quem se trata. Ele agora anda por terras vascas mas vai voltar com uma sede...eu quase começo a ter pena de ti, pá. LOL

FireHead disse...

Afonso de Portugal,

Sim, o que eles querem é mentir e propagar as suas mentiras só para denegrir a imagem dos outros. Há gente que vive destas coisas. Desconfio que consiga ser verdadeiramente feliz assim.

FireHead disse...

Anónimo da 01:23,

Sei bem de quem se trata? Alguém de quem já cheguei aqui a falar no passado? Um que até já chegou a deixar de comentar aqui até mesmo como anónimo, coisa que, aliás, ele parece que nunca fez? :)

Não o conheces mas sabes que ele está por terras "vascas" (onde é que eu já li alguém escrever "vasco" em vez de "basco"?)... Sei. E vai voltar (para onde? A terra dele é Portugal, não é? Então vai voltar para Portugal, é isso?) com uma sede? Isso é com ele.

Quase que começas a ter pena de mim?? É impressionante como há gente que parece que quer que eu perca o meu tempo com coisas que não têm interesse nenhum. Isto é alguma tentativa para mendigar a minha atenção? Ou a dos outros? Achas que alguma coisa vai mudar depois disso?

Meu caro, eu já não tenho idade para andar para aqui a comportar-me como uma criancinha, mandar umas bojardinhas e depois maravilhar-me com o que eu escrevo como se fosse alguma obra comparável aos Lusíadas...

Anónimo disse...

Sou o anónimo das 13:01. Sim, eu sei quem tu és, Fire, e sei também que fazes-te de ingénuo. Quem acompanha o teu blogue e lê o que escrevem os comentadores consegue perfeitamente saber que pela maneira como certos comentários anónimos são escritos eles são na verdade de pessoas que já por cá comentaram com a sua conta do blogger. Como diz o outro teu amigo, é o Lá Lá... qualquer coisa, e se o outro anónimo que também aqui comentou não é o próprio Lá Lá... qualquer coisa, então é capaz de ser algum cromo que sabe muito da vida dele (FaceBook?) e que também deve ter uma fixação qualquer por ti. Mas olha, como não é mandatório os anónimos se identificarem, e eu sei ou desconfio que tu escolhes os comentários anónimos que queres aprovar, tu podes não aprovar este meu comentário, mas lembra-te do seguinte: está mas é "cagando e andando", como disse certo rapaz.

FireHead disse...

Anónimo das 15:25,

Eu não tenho feito outra coisa senão estar "cagando e andando". ;)

Afonso de Portugal disse...

LOL, ó Fire, mas afinal como é que tu conheceste o Lá Lá Cardo? É que eu não consigo perceber como é que tu já foste amigo dessa criatura exotérica! E estes anónimos, pelo visto, também não!

FireHead disse...

Nunca o conheci. Sei apenas quem ele é. E eu dizia que ele era meu amigo aqui no blogue mesmo naquela, como também chamo amigo a qualquer pessoa assim na boa, tipo algum comentador que eu não conheço pessoalmente (Lura do Grilo, por ex.). Dantes ia muito ao blogue dele porque ele punha notícias interessantes, sobretudo notícias de Macau e do Oriente, pois afinal de contas o blogue dele é, ou supostamente deveria ser, de Macau e sobre Macau, mas desde que se transformou naquilo que agora é, deixei de lá ir. O meu blogue agora já tem muitas outras fontes interessantes onde ir buscar notícias, ainda por cima agora também já vivo em Macau e consigo facilmente arranjar muitas notícias destas bandas. :)

Afonso de Portugal disse...

Mas como é que ele conseguiu deitar as mãos ao teu nome completo e até a fotos tuas? O caso do Caturo entende-se, porque o Caturo partilhou montes de cenas no Facebook ao longo dos anos. Aliás, a maior parte das coisas que o Lá Lá Cardo "dencunciou" encontram-se facilmente metendo o nome do Caturo no Google. Mas o teu caso é bem mais estranho...

Eu julgava que, como Macau era relativamente pequeno, os portugueses se conheciam todos! :P E como o luisinho até trabalha na Conservatória do Registo Predial, deve conhecer muitos dos que compraram casa por essas bandas.

Quanto à blogosfera, fontes há de facto muitas, o problema é que as melhores são em lígua inglesa e às vezes não há pachorra para traduzir! Ehehehe...

FireHead disse...

Não tem nada de estranho. Foi por causa do Facebook. Já o "desamiguei" e ele ainda chegou a enviar-me novamente o pedido de amizade, mas ignorei.

Macau é relativamente pequeno, mas nem todos os portugueses se conhecem. E depois também há muitos que mesmo conhecendo-se fazem de conta que não se conhecem... Eu próprio agora também já estou numa de ignorar quem não me interessa. É o melhor que há a fazer.