segunda-feira, 11 de julho de 2016

Euro 2016: PORTUGAL CAMPEÃO!!

A final do Euro 2016 foi em Saint-Denis, nos arredores de Paris
Fez-se história no mundo do futebol: Portugal conquistou finalmente o seu primeiro título oficial, e logo frente à França em França! Ainda por cima Portugal venceu o jogo praticamente sem o Cristiano Ronaldo, que foi arrumado por Dimitri Payet ainda antes da meia hora de jogo - o jogador francês não viu amarelo nem tampouco viu o árbitro marcar-lhe uma falta contra a sua equipa por ter mandado aquele que deverá ser considerado o melhor jogador do mundo este ano para fora. Ainda assim, a selecção nacional respondeu bem a todas as adversidades e conseguiu manter heroicamente o nulo até que, já na segunda parte do prolongamento, Éder, o improvável talismã, disparou um forte remate, fez o único golo da partida - e também o seu primeiro por Portugal em jogos oficiais! - e fez também com que o treinador Fernando Santos cumprisse a promessa ousada que fez, regressando a casa hoje com o caneco na mão!

video
O lance em que Ronaldo lesiona-se e sai do campo em lágrimas

Os franceses foram estatisticamente superiores a Portugal, mas contaram com um super inspirado Rui Patrício que lhes negou tudo e mais alguma coisa. E quando não esteve o guarda-redes português, para mim o melhor em campo apesar da UEFA ter preferido considerar o Pepe, esteve o seu amigo poste - o André-Pierre Gignac que o diga: se o seu remate tivesse entrado, aos 90', a história teria sido outra...

Quando não esteve o melhor em campo para defender, esteve o poste. Era a noite de Portugal
E pronto, o que mais há a dizer? Foi a vitória de uma selecção que acreditou e que respondeu sempre à altura a todas as críticas que lhe foram endereçadas - a imprensa francesa acusou Portugal de ter um estilo de jogo "nojento" - desde o início do campeonato. Eu próprio, admito, também não estava mesmo nada crente em relação a esta selecção, indiscutivelmente mais fraca do que a que perdeu a final do Euro 2004 em casa com a Grécia. Ainda por cima depois de um apuramento sofrível para os oitavos-de-final como um dos melhores terceiros classificados após três empates com exibições que ficaram muito a desejar. Ok, agora é altura de dar a mão à palmatória e eu dou-a com muito prazer. Não estava muito confiante no início, é verdade, pelo motivo já citado, mas com o tempo tudo mudou e passei a crer; passei a acreditar que era desta que Portugal ia vingar-se das derrotas com a França - e que vingança esta foi, em casa dos franceses perante o seu público! Esta selecção mostrou que é muito unida e que não são os nomes que jogam, mas sim o colectivo. A prova cabal é que Portugal ganhou a final sem o seu maior craque desde o minuto 25, ainda por cima contra a super favorita França em casa. Portugal foi um patinho feio que se transformou num cisne.

video
O momento do jogo: golo do mal-amado Éder

Visivelmente emocionado no fim do jogo, Fernando Santos enalteceu o espírito de sacrifício de Cristiano Ronaldo que "tentou jogar duas vezes e duas vezes não conseguiu, mas depois foi tremendo aqui na cabine e também no banco. Foi um verdadeiro capitão mesmo não estando em campo. Ele representa muito bem este grupo".

O católico fervoroso Fernando Santos foi o primeiro a acreditar do princípio ao fim e uniu a equipa
Entre os jogadores, Cristiano Ronaldo disse que ganhar o campeonato da Europa por Portugal é um momento único, Ricardo Quaresma, que entrou para o lugar do capitão, reconheceu que é difícil de acreditar na conquista do título e Nani afirmou que há coisas que não têm explicação, como o facto de Fernando Santos ter dito que só ia para casa no dia 11 e que seria recebido em festa. A nova coqueluche lusa, Renato Sanches, eleito pela UEFA como o melhor jogador jovem da competição, disse, por sua vez, que este ano "é um ano de sonho para mim".

Portugal é o 10.º país a sagrar-se campeão europeu
Com esta histórica vitória, a selecção portuguesa de futebol já pode passar a ser efectivamente considerada uma potência não apenas na Europa como a nível mundial, tendo já carimbado assim a presença na próxima Taça das Confederações. O feito foi festejado um pouco por todo o mundo, do Minho até Timor. Macau não foi à cama para poder ver o triunfo português - o jogo começou às 3:00 da manhã - e eu que o diga. Estou estoirado até mais não, mas felicíssimo! Português que é mesmo português sofre e vibra sempre com Portugal!

Festa lusa no relvado de Saint-Denis, em França dos emigrantes portugueses
VIVA PORTUGAL!!

8 comentários:

wind disse...

Viva Portugal!!!!!!
Boa semana:)

FireHead disse...

Somos os melhores da Europa!!! :)

Beijinhos e resto duma boa semana!

RICARDO LIMA disse...

Aqui no Brasil muito de nós, brasileiros, também torcemos pela seleção Portuguesa, com certeza. :).

E viva PORTUGAL.

FireHead disse...

Acredito. Sobretudo os que têm raízes portuguesas. :)

Viva Portugal! Pelo menos durante quatro anos, até o próximo Europeu, somos os campeões europeus em título. :)

Anónimo disse...

O time tugaland/pretogal venceu na Europa dos pretos, rsrsrsrrsrs.

FireHead disse...

E na Europa dos brancos quem é que ganhou? Deve ter sido a Islândia... XD

Adilson disse...

Eu tinha de deixar um comentário aqui. Antes tarde do que nunca! Viva, viva, viva, viva, viva, viva, viva Portugal! Maravilha!

FireHead disse...

Finalmente deixámos de ser aquela selecção-sensação que só tem nomes e joga bonito para passarmos a estar num restrito grupo de 10 selecções que já venceram o campeonato da Europa. :)