segunda-feira, 6 de junho de 2016

Vudu para o sr. polícia!

Em Lauda-Köningshofen, na Alemanha, um «refugiado» africano de 27 anos, que já tinha chegado a ser condenado a dois anos e quatro meses de prisão por ter violado uma menina de 13 anos, violou uma jovem de 19 anos e ameaçou, aquando da sua detenção, o agente da polícia com magia negra lá da sua terra, dizendo-lhe que se ele não fosse libertado o agente poderia esperar o pior. O pior de facto veio, mas para o alógeno: quatro anos de prisão...
Confirma-se uma coisa: nem todos os «refugiados» são muçulmanos apesar de também serem, como a própria ONU confirmou, esmagadoramente jovens do sexo masculino. Os mé®dia generalistas não mentem, pá!

Sem comentários: