terça-feira, 28 de junho de 2016

Porque será que 1 em cada 2 alemães sente-se às vezes estrangeiro na Alemanha?


Segundo o Alerta Digital, que citou um estudo da Universidade de Leipzig e de várias fundações no passado dia 15, um alemão em cada dois sente-se "às vezes como um estrangeiro" no seu próprio país por causa da presença de "numerosos muçulmanos". Em 2014, 43% dos alemães tinha essa sensação de sentir-se estrangeiro; agora quem assim pensa já alcança os 50%. 41,4% das pessoas interrogadas estima que "deveria proibir-se a entrada aos muçulmanos" na Alemanha (36,6% em 2014). Um alemão em cada três (33,8%) estima inclusivamente que o seu país, que acolheu em 2015 mais de um milhão de refugiados, está "invadido" por estrangeiros "de forma perigosa". Uma maioria de alemães (59,9%) crê que os refugiados não são realmente perseguidos nos seus países de origem e 32,1% considera que essas pessoas querem aproveitar-se das ajudas sociais.
Por outras palavras, de acordo com esse estudo, e à luz do politicamente correcto, metade dos alemães é "islamofóbica", "racista" e "xenófoba"...
Já agora, seguem-se alguns vídeos antigos que eu já tinha chegado a colocar aqui no blogue em tempo oportuno e que dão razão a essa metade dos alemães que se sente estrangeira na sua própria terra:

Imigrantes avisam que os alemães serão minoria na Alemanha:

video

Violência islâmica nas escolas alemães:

video

A opinião dos "muçulmanos integrados" sobre os alemães:

video

Muçulmano diz abertamente a alemão que o islão vai dominar a Alemanha:

video

4 comentários:

Dr. No disse...

Escreveu:
à luz do politicamente correcto, metade dos alemães é "islamófila"

Queria escrever:
metade dos alemães é "islamofóbica"!!!

FireHead disse...

É verdade, enganei-me. Obrigado pelo reparo. :)

CENSURADO AGAIN disse...

PARECEM BODES VELHOS POVO FEIO

FireHead disse...

Parecem bodes velhos, são um povo feio mas são teus irmãos, pois adoram tanto os judeus como tu.