sábado, 18 de junho de 2016

Patrão leva funcionários ao México


A empresa de segurança bracarense BC Segurança é uma espécie do Grupo Tiens da China, mas à escala portuguesa: pelo terceiro ano consecutivo, o patrão decidiu oferecer uma semana de férias aos seus trabalhadores por ter atingido os objectivos de facturação. Em 2014 foram à República Dominicana, no ano transacto foram a Cuba e este ano os 34 funcionários que quiseram ir de férias com tudo pago foram ao México e ficaram num hotel de luxo. De acordo com Sofia Nascimento, a directora dos Recursos Humanos, a viagem foi um investimento de 21 mil euros, verba para "premiar e motivar" os funcionários, que assim "vêm com baterias recarregadas". Os que não quiseram ir receberam um salário extra e um salário médio na BC Segurança ronda os 960 euros.

6 comentários:

Anónimo disse...

Uma empresa daqui de Portugal distribuiu 200€ extra de ordenado em Dezembro pelos vários empregados. Como não conseguiram processar as coisas a tempo só receberam os 200€ no dia 2 de Janeiro. Entretanto tiveram de desligar os telefones da sede que as pessoas não paravam de se queixar e ofender os colegas que os estavam a atender. Patrão é sempre FDP e nada muda esta mentalidade abrilista.

Silvério

wind disse...

Boa medida do patrão, é porque a empresa que tem factura bem e os empregados são capazes!

FireHead disse...

Silvério,

Pois é, mas se não houvesse patrões haveria empregados??

FireHead disse...

Wind,

E os ordenados pelos vistos não são nada maus. Não é como grandes empresas que exploram. Eu sei disso, pois também cheguei a trabalhar para uma grande e muito conhecida empresa portuguesa. A única coisa era que o salário, que era pouco, caía sempre a tempo e horas...

CENSURADO AGAIN disse...

EU HEIN POLINESIA NADA SEMPRE PRA MESMA ZONA?NÃO SE CANSAM?

FireHead disse...

CENSURADO AGAIN,

México, Polinésia? É a droga que está novamente a fazer efeito, só pode...