quinta-feira, 16 de junho de 2016

O que disseram algumas pessoas em árabe sobre o massacre de Orlando?





























8 comentários:

Leocardo disse...

Esse Ahmed deve ser o "mestre" lá do sítio, só que em vez de História Contemporânea é "mestre" Arabico. Já agora há várias destas em português com portugueses perfeitamente identificados a dizer coisas iguais e piores que essas Olha que tal eu fazer um post? Obrigado pela sugestão 😉

Vasco disse...

Dias antes do massacre um xeique muçulmano defendeu a morte de gays. E disse-o numa mesquita em Orlando. Procurem o vídeo na net.

FireHead disse...

Leocardo,

Pois é, o Ahmed é capaz de ser mais um de muitos incendiários que andam por aí. Agora até traduzir está errado, não pode, que maldito! Como nós não sabemos árabe (eu pelo menos não sei), o melhor é não saber o que é que esses tipos que falam árabe que vão à net dizer umas coisinhas estão a dizer.

Acho particularmente piada às pessoas que têm uma enorme vontade de refutar coisas como as que eu por aqui falo mas que depois nem sequer ficam pela metade, quanto muito falam apenas de uma só coisa... e mesmo assim usam uma argumentação parola que não difere do nada dizer simplesmente.

FireHead disse...

Vasco,

Eu já soube disso, no blogue GLADIUS, que é de um outro tipo que quer assustar criancinhas...

Leocardo disse...

Que é do mesmo tipo que idealizou o falo divino, quer V. Exa. dizer. E não vi você ficar agravado com essa "excentricidade", estranhamente...

Douglas Sulzbach disse...

Um típico afegão, se olharmos bem o rosto vamos nos recordar do Bin Laden, a cara de um e o focinho de outro!

FireHead disse...

Leocardo,

Talvez por só tu teres interpretado esse tipo, que por acaso é um ateu que detesta o Cristianismo ("uah uah uah", gangue das batinas, "uah uah uah"!), da maneira como o interpretaste. Não, meu caro, e eu também já tinha chegado a falar disso aqui no blogue em forma de posta, ele não insinuou que Deus e São José (de Arimateia, LOL!) tinham um caso homossexual como ele diz que a esquerdaria insinuou, porque Deus e São José (de Arimateia, de novo: LOL!) não são um casal. Ou desconfias disso?

FireHead disse...

Douglas Sulzbach,

Era um norte-americano de ascendência afegã. Ou será que és como o outro totó que diz que só os brancos é que podem ser americanos porque foram os brancos que fundaram a civilização americana como se os índios não existissem? :P