quinta-feira, 9 de junho de 2016

Meio ano de prisão para nadador-violador

Brock Allen Turner, de 20 anos e da prestigiada Universidade de Stanford, nos EUA, foi apanhado em flagrante a violar uma rapariga bêbeda por detrás de um caixote de lixo no campus universitário depois de uma festa de estudantes em Janeiro de 2015, tendo apanhado um "castigo" de apenas seis meses de cadeia mais três meses de liberdade condicional. A vítima não se lembra de nada, tal era a borracheira, e só soube do sucedido através dos jornais, e o juiz valorizou o facto de Brock, que venceu várias provas de natação e trabalhava para se juntar ao programa olímpico americano, não ter antecedentes criminais e de estar alcoolizado no momento do crime. O caso gerou polémica com gente a acusar a sentença de ser demasiado branda, ou não fosse Brock um jovem branco, bom aluno e bem nascido. O seu pai, Dan Turner, adensou ainda mais a polémica ao escrever uma carta pública sobre o caso dizendo que Brock está a pagar um preço "demasiado elevado" e que a sua vida está arruinada por "20 minutos de acção".
Ai que não se pode castigar muito o menino! Se calhar ele é que foi a vítima e a rapariga violada é que andou a pedi-las, provocando-o e fazendo-se agora de coitadinha... Já agora, por que não ir o álcool para a cadeia em vez dele??

8 comentários:

wind disse...

Filho da mãe!

Lura do Grilo disse...

Se os dois estavam bêbedos como se sabe quem violou quem? Não poderão raparigas violar rapazes?

FireHead disse...

Wind,

Filho da mãe, não sei, só sei que esse jovem criminoso é branco e não deve ser muçulmano. Agora vou ficar à espera que venham os habituais malucos comentar aqui dizendo que o gajo é judeu ou tem genes mongóis... XD

FireHead disse...

Lura do Grilo,

Poderão? Eu sempre pensei que não poderão, não! :)

Lura do Grilo disse...

Eu acho que podem! Bêbedos, coisa puxa coisa e a menina bem pode encaminhar o necessário.

Anónimo disse...

Mas é engraçado o facto de esta noticia sobre esta violação estar a aparecer em todos os merdia portugueses (jornais, tv etc) e o moço ser branco e até loiro, mas as milhares de violações feitas por pretos a brancas nos EUA e por pretos e árabes, pakis etc na Europa a brancas (como assim de repente aquela polaca que foi violada em Londres por pakis, uma hora depois de aterrar no Londistão) passam completamente ao lado dos merdia. Mo mínimo é interessante!

FireHead disse...

Lura do Grilo,

Não, eu é que ainda tenho um pouco dificuldade em conseguir entender que as mulheres também conseguem violar homens... XD

FireHead disse...

Anónimo,

É da tal agenda!! Um dos comentadores malucos do meu blogue diria logo que tratam-se de grupos buchas. :)