segunda-feira, 27 de junho de 2016

Euro 2016: Bélgica e Alemanha goleiam

Oitavos-de-final: França 2 X 1 República da Irlanda
A França esteve a perder praticamente desde o início do jogo frente à República da Irlanda, golo apontado por Robbie Brady de grande penalidade, mas logrou operar a reviravolta no marcador na segunda parte através de Antoine Griezmann, jogador de 25 anos e de ascendência germânica da Alsácia que actua no Atlético de Madrid, que bisou em apenas quatro minutos.

Oitavos-de-final: Alemanha 3 X 0 Eslováquia
A Alemanha finalmente mostrou de forma convincente o porquê de ser a actual campeã do mundo ao golear a Eslováquia por 3-0, no Estádio Pierre-Mauroy. Logo aos 8 minutos, Jérôme Boateng, filho de pai ganês e de mãe alemã, disparou um forte remate que só acabou nas redes da baliza à guarda de Matúš Kozáčik. Depois, perto do apito para o intervalo, o hispano-alemão Mario Gomez ampliou a vantagem e, no segundo tempo, o endiabrado Julian Draxler confirmou a superioridade alemã. O médio Mesut Özil, de origem turca, ainda desperdiçou uma grande penalidade quando estava 1-0.

Oitavos-de-final: Hungria 0 X 4 Bélgica
A Bélgica esmagou a Hungria, do grupo de Portugal, por expressivos 4-0 e já tem o jogo dos quartos-de-final marcado com o País de Gales para o dia 1 de Julho. No Estádio Municipal de Toulouse, os belgas, considerados favoritos à vitória final neste Euro 2016, demonstraram uma grande autoridade e chegaram com naturalidade aos golos por intermédio de Toby Alderweireld, Michy Batshuayi, o tal belga de origem africana que se dizia por aí que o Benfica queria contratar já há uns anos atrás, Eden Hazard (magnífico golo!) e Yannick Ferreira Carrasco, de ascendência portuguesa e espanhola.

Sem comentários: