quarta-feira, 11 de maio de 2016

Renato Sanches no Bayern de Munique


É oficial: o Benfica vendeu o jovem médio Renato Sanches, de apenas 18 anos, ao colosso Bayern de Munique (que parece que se antecipou ao Manchester United e deixou os adeptos dos red devils estupefactos e furiosos) por 35 milhões de euros (a maior transferência de sempre de um jogador português), valor que pode ascender aos 80 milhões no total (o valor da cláusula de rescisão) mediante o cumprimento de objectivos até 2021. "Quero agradecer a todos os adeptos do Benfica e a toda a minha família por este grande momento na minha vida. Foram 10 anos de manto sagrado, aqui foi onde aprendi tudo aquilo que sei hoje, por isso tenho que agradecer ao Benfica e a todos aqueles que me ajudaram até hoje", escreveu Renato Sanches no Instagram, acrescentando que está "feliz e orgulhoso por vestir esta nova camisola do Bayern, mas ainda temos duas finais pela frente. Focado no objectivo principal: a vitória". O canal do clube bávaro destacou Renato como um produto da famosa academia do Benfica, sendo "tecnicamente muito forte". "É, de longe, um dos melhores jogadores jovens da Europa, revela muita qualidade e personalidade em campo. Tem um grande futuro e uma gloriosa carreira pela frente", referiu-se assim ao Renato o treinador espanhol Pep Guardiola por ocasião dos jogos dos quartos-de-final da Liga dos Campeões.
Esperemos bem que com este dinheiro a direcção do Benfica reforce bem o plantel para a próxima época (acima de tudo que não se repita a pretérita pré-época mal planeada), pois esta época deu para ver que temos um Ferrari menos potente do que aqueles que o Jorge Jesus alguma vez conduziu quando estava no Benfica, e assim também sempre daria para dar conta das lesões que vão havendo no plantel (se não fossem as lesões do Luisão e do Lisandro López, alguém ouviria falar do Victor Lindelöf que tem sido um verdadeiro bombeiro?). Já agora, porque não usar esse dinheiro para tentar resgatar o jovem craque benfiquista Bernardo Silva?
Que o Renato tenha toda a sorte do mundo (menos se jogar contra o Benfica) e que comece já a aprender alemão.

4 comentários:

Fatyly disse...

É escabroso os milhões que rolam no mundo da bola.
Dizes "que com este dinheiro a direcção do Benfica reforce bem o plantel para a próxima época (...) Já agora, porque não usar esse dinheiro para tentar resgatar o jovem craque benfiquista Bernardo Silva?"

ao que eu acrescentaria porque não investir mais nas outras modalidades?:)

Um bom dia

Beijocas

FireHead disse...

O futebol é uma indústria de milhões, amiga. Não é à toa que é considerado o desporto-rei.

Eu acho que não se mistura futebol com modalidades. O orçamento para o futebol é para o futebol e para as modalidades é para as modalidades, bem como o dinheiro que se ganha para o futebol é para o futebol e o das modalidades é para as modalidades. Parafraseando o Pinto da Costa, penso eu de que...

Mas por falar nisso, eu acho que o Benfica devia apostar menos no basquetebol e apostar mais no futsal e no hóquei em patins, que são duas modalidades em que nós portugueses somos muito bons, logo com capacidade de irmos longe nas provas internacionais.

Beijinhos e resto duma boa semana.

Anónimo disse...

"(a maior transferência de sempre de um jogador português), "

Confesso que estou mau das vistas(ou és tu que andas a erxergar demasiado ) ,é que não vi nenhum jogador português .

FireHead disse...

Não és tu que estás mau das vistas; és tu que és imbecil o suficiente para não saber que há portugueses que não são brancos. :)