quinta-feira, 12 de maio de 2016

Polícia alemã suspeita que dezenas de terroristas entraram como «refugiados»


A Polícia Federal Alemã está a investigar 40 casos em que se suspeita que jihadistas entraram no país juntamente com a recente onda de «refugiados» provenientes do Médio Oriente. Este número representa o dobro dos casos deste género desde Janeiro e deverá intensificar o nível de ameaça terrorista na Alemanha. Na semana passada, o director da agência de inteligência alemã, Hans-Georg Maassen, afirmou que, embora existam meios mais eficientes para infiltrar jihadistas, suspeita-se que o Estado Islâmico tenha enviado alguns pela rota dos Balcãs, partindo da Grécia, para aumentar o medo dos refugiados e "mandar um sinal político".
Ah, pois é, onde é que está a porra da novidade??

4 comentários:

wind disse...

Pois era de esperar.

FireHead disse...

Onde é que andam os refugees' lovers nestas alturas que é para dizerem que os terroristas são muito poucos, são uma ínfima parte, uma gota no oceano??

Afonso de Portugal disse...

Ou muito me engano, ou vai haver muito enriquecimento na Europa em breve!

FireHead disse...

Isto acontece quando se põe a acolher gente sem saber de que gente se trata. Quer dizer, depois de já terem entrado é que vão investigar??