sábado, 14 de maio de 2016

Os chimpazés são religiosos?


É o que diz um grupo de cientistas que estudaram uma população de chimpanzés na Guiné-Bissau, Libéria e Costa do Marfim, lá em África. A pesquisa descobriu árvores com marcas e pilhas de pedras colocadas perto delas, coisa que parece que os antigos pagãos também faziam em "cerimónias". Segundo observou a investigadora Laura Kehoe, da Universidade de Humboldt (Berlim), o amontoamento de pedras serviu e serve como referência a enterramentos e a santuários em muitas culturas. Os habitantes da África Ocidental também amontoam pedras em "árvores sagradas", havendo similares comportamentos noutros locais, num paralelismo óbvio com o que os chimpanzés fazem. Segundo a blogosfera nacionalista pagã portuguesa, também na antiga Grécia, por exemplo, existiam as hermas, montículos de pedras que serviam de orientação nos caminhos e cujo nome se liga ao do "deus dos caminhos", Hermes, que em Roma tem o nome de Mercúrio.
O paganismo é coisa de primatas que são menos evoluídos, é isso.

2 comentários:

Sr. Hamsun disse...

Isso quer dizer que os pagãos têm a inteligência de chimpanzés?

FireHead disse...

Não é por nada, mas parece que sim. Basta vermos o nível de desenvolvimento humano que existe em África onde o animismo é dominante.