domingo, 15 de maio de 2016

Islão: o que os outros dizem

WSBT: em Oregon, nos EUA, uma seita protestante baptista colocou espectaculares placares anti-islâmicos, ou seja, placares que dizem a verdade sobre o islão, o que enfureceu os muslos e também os esquerdopatas. O "pastô" Michael Harrington, da seita que se chama Belmont Drive Missionary Baptist Church, disse que não é politicamente correcto, nunca foi politicamente correcto, mas sim biblicamente correcto, que é o que lhe importa...

Não há totós que dizem que o Cristianismo e o islamismo são "irmãos abraâmicos"?
Frank Wagner: o Partido Trabalhista Norueguês, que é de esquerda, está a provocar a auto-aniquilação étnica e cultural da Noruega. Em breve a população norueguesa da capital Oslo vai tornar-se numa minoria devido à imigração (sobretudo musla), o que faz com que haja carros incendiados, janelas das escolas partidas, crianças nativas ameaçadas por comerem carne de porco ou raparigas loiras obrigadas a pintar o cabelo de preto para não chamarem muito à atenção...

video
A palavra multiculturalismo não rima com a islamização, mas resulta nela

UK Express: muitos brancos já deixaram a zona oriental de Londres devido à invasão maciça musla. Mais de metade dos brancos já deixou Newham nos últimos 15 anos, fazendo com que 73% da população da zona já seja constituída por minorias étnicas. Uma das escolas locais, Drew Primary, já até tem apenas três alunos brancos por turma enquanto que são faladas 43 línguas nos corredores da mesma. Os brancos que estão lá há gerações até já se consideram estrangeiros na sua própria terra. "Não consigo acreditar o que é que aconteceu aqui, isto podia ser a baixa de Bagdad", disse alguém na estação de Upton Park.

video
O problema da falta do controlo da imigração por causa da UE

Live Leak: e agora que o Londres já tem um mayor muçulmano, os muçulmanos já podem atacar pessoas à vontade por estas consumirem bebidas alcoólicas ao ar livre. E podem também aproveitar para gritar Free Palestine! enquanto atacam que agora a capital britânica é deles.

video
Os muçulmanos já têm as costas quentes em Londres graças à democracia

Frank Wagner: na Dinamarca os muçulmanos andam a exigir partes terroritais para que eles as possam controlar. As bandeiras que os manifestantes empunharam não são as da Dinamarca, pois eles não querem nada com as leis dinamarquesas, mas sim as da jihad...

video
Multiculturalismo, diversidade, invasão alógena e destruição civilizacional

Frankfurter Allgemeine Zeitung: muitos do famosos "refugiados menores desacompanhados" foram detidos nos últimos meses por serem muito violentos e estão agora fechados em instalações mais rigorosamente controladas que os centros de detenção para menores. Alguns desses invasores muslos recusam-se a dar a sua verdadeira identidade, pois isso tira-lhes a possibilidade de serem "requerentes de asilo", e frequentemente dizem que são mais novos do que realmente são, coisa que os exames à dentição resolvem.

Nem menores nem refugiados: escória muçulmana simplesmente
Astro Awani: na Malásia, durante uma competição fatela qualquer, uma mulher que recitava o satânico Alcorão caiu subidamente inanimada para o chão e teve morte imediata.

video
Estaria a agora defunta a recitar versículos anticristãos do Alcorão?

IB Sena: na Índia, um grupo hindu deseja a vitória de Donald Trump nas eleições presidenciais americanas porque "ele é a única esperança para a humanidade contra o terrorismo islâmico". Foi isso que disse o presidente do grupo da seita idólatra (pagã) indiana, Vishnu Gupta, na capital indiana Nova Deli no passado dia 11.

video
A Índia possui a segunda maior comunidade islâmica do mundo

Diversity Macht Frei: o rapper negro Black Mesrimes, de se verdadeiro nome Alpha Diallo, nascido em Paris há 31 anos e de ascendência guineense, vai participar no concerto do memorial de Verdun, onde há quase 100 anos atrás se deu uma das maiores batalhas da Primeira Guerra Mundial entre franceses e alemães. Verdun é hoje o símbolo do sacrifício e do patriotismo franceses, o problema é que para Black Mesrimes a França é uma "terra de kuffar" (ou seja, "infiéis"), como ele descreve na sua canção Désolé...

video
Ainda bem para o rapper que o slogan "morte aos traidores" é dos comunas...

SOMATEMPS: a Guardia Civil espanhola deteve um alógeno marroquino depois deste ter dito publicamente em Cádiz que ele tem que "violar mulheres espanholas". As autoridades já o tinham detido recentemente por ter tentado raptar uma mulher...

Bem sabemos que para o islão as "infiéis" são presas legítimas para os violadores...

Sem comentários: