domingo, 1 de maio de 2016

«AFC Cup é o próximo objectivo»

Com o tricampeonato praticamente garantido, o treinador do Benfica de Macau, Henrique Nunes, disse numa entrevista ao semanário católico macaense O Clarim que o próximo objectivo dos encarnados do território é passar a fase do play-off de qualificação da Taça AFC, que é a versão asiática da Liga Europa, coisa que não foi conseguida no ano passado. "A possibilidade de conquistar novamente o título (de campeão macaense) e poder competir na AFC Cup" é a razão que levou o técnico de 61 anos a vir para Macau. "Para mim, que estou no terminus da minha carreira, seria realmente a cereja no topo do bolo chegar à AFC Cup e quem sabe - esse é o meu objectivo e do Benfica também - podermos passar a primeira fase, a da pré-qualificação". Elogiando o nível de organização da filial macaense do Benfica, que mantém já há alguns anos o núcleo duro de jogadores, e ressaltando que as primeiras equipas da Liga de Elite treinam mais que as restantes por causa da falta de espaços desportivos disponíveis em Macau, o que resulta numa diferença abissal no ritmo de jogo que por sua vez faz com que o Benfica de Macau tenha-se fartado de espetar goleadas aos adversários, Henrique Nunes deve estar com certeza a aproveitar os jogos da Liga de Elite como treinos de preparação para os jogos da pré-qualificação da AFC Cup e faz ele muito bem.
Para quem não sabe, Henrique Nunes foi futebolista e treinador do Feirense, tendo também treinado o Arouca que hoje está na Liga NOS. "Sou natural de Santa Maria da Feira. O Feirense é a equipa do meu coração. Fiz lá toda a minha carreira como jogador e foi onde comecei depois como treinador. O Feirense luta neste momento para subir à primeira liga. Se acontecer, será a sexta vez. Tem excelentes infra-estruturas. Pela primeira vez na sua história fez uma parceria, com um grupo nigeriano, que detém 51% da SAD (Sociedade Anónima Desportiva). Para poder subir e estabilizar na primeira liga teria que ter essa parceria. Vamos ver o que irá acontecer", disse o treinador, acrescentando ainda que o Arouca é um caso de sucesso devido ao presidente que tem: "É um homem que tem uma convicção muito forte sobre o que quer. Neste momento conseguiu estabilizar o Arouca na primeira liga, ao ponto de pensarmos que para a próxima época estará nas competições europeias, o que a acontecer será um feito muito, muito grande".
Um dos grandes feitos de Henrique Nunes, para além, como é claro, do que anda agora a fazer ao comando técnico do Benfica de Macau - pôr os encarnados do território a jogar um futebol vistoso, algo que já não acontecia há muito tempo em Macau -, foi conduzir o Feirense à primeira divisão na época 1989/90. E recorda-se do jogo contra o Futebol Corrupto do Porto nas Antas: "A maior recordação que tenho dessa altura... Não há dúvida nenhuma! Foi ascendermos à primeira divisão nacional com jogadores todos portugueses, com idades inferiores a 23 ou 24 anos. Muitos deles estavam comigo desde a formação, desde os juvenis. Acabou por ser um feito, na altura bastante comentado e apreciado no país. No jogo das Antas, perdemos por 3-1. O Vítor Rebelo (jornalista que já está na TDM - Teledifusão de Macau - há uma carrada de anos) fez os comentários desportivos para a RTP..."
Toda a sorte do mundo para o nosso treinador Henrique Nunes aqui em Macau, é o que nós benfiquistas desejamos.

Sem comentários: