sábado, 16 de abril de 2016

Petição para devolver o nome original à 1.ª ponte sobre o Tejo

Uma excelente iniciativa: foi criada uma petição para fazer com que a Ponte 25 de Abril volte a ser conhecida pelo seu nome original: Ponte Salazar. Como o próprio texto da petição informa, a primeira ponte sobre o Tejo foi inaugurada em 1966, ou seja, oito anos antes da revolução abrilesca que deu cabo de Portugal, além de que retirar o nome original da ponte para o substituir por "25 de Abril" é algo de uma tremenda desonestidade e sacanice próprias de gente sem escrúpulos e de moral bastante duvidosa. Façamos, portanto, a nossa parte e ajudemos esta ponte que foi paga antes do prazo previsto a restituir a sua dignidade.

6 comentários:

Fatyly disse...

Sempre fui contra mudar o nome às coisas porque fazem parte da história de um país. No que referes não deviam ter mudado o nome, mas não pertenço a este país porque sou emigrante:))

Angola na altura da independência retiraram muitas referências portuguesas versus colonialismo, mas já repuseram a maioria e outras viraram museus.

Um bom fim de semana

Beijocas

Observador disse...

Não gosto que se altere o nome de qualquer coisa seja em que circunstância for.
A ponte em causa sempre teve, e tem, como nome oficial, Ponte sobre o Tejo. Foi-lhe dada a designação de Ponte Salazar, em homenagem ao então primeiro ministro. Se naquela altura se entendeu fazê-lo, a designação deveria ter sido mantida. Tenhamos ou não gostado de Salazar, não temos o direito de proceder a alterações só porque nos dão jeito.
Manter as designações originais, seria uma questão de bom senso. Só que não foi assim com esta ponte, como não foi noutras situações. Recordo-me da Praça do Areeiro que foi, como sabemos, baptizada como Praça Francisco Sá Carneiro. Nada contra a pessoa que deu nome à Praça mas por uma questão do tal princípio que defendo.
Julgo ter deixado clara a minha posição sobre a coisa.

Bom fim de semana, meu caro.

RICARDO DA SILVA LIMA disse...

Assinado, Firehead.

Bom fim de semana. :)

FireHead disse...

Fatyly,

Estás enganada quando dizes que és emigrante. Por acaso tu és considerada estrangeira em Portugal? Tu tens nacionalidade portuguesa, os teus pais são portugueses, a tua família é portuguesa e ainda por cima quando tu nasceste Angola era parte de Portugal. És uma portuguesa ultramarina, ou portuguesa de Angola, ou angolana de nacionalidade portuguesa.

FireHead disse...

Observador,

Pois é, mas em Portugal acontecem coisas ao contrário. Agora recentemente foi inaugurada a Praça Hugo Chávez numa localidade bastante africanizada. Já tinha anteriormente sido também inaugurada qualquer coisa com o nome Álvaro Cunhal, esse cabrão traidor pró-Moscovo, em Lisboa, na altura era o Costa edil de Lisboa. Se fosse para inaugurar qualquer coisa com o nome Salazar cairiam logo o Carmo e a Trindade em Portugal, mas se é para "recuperar" o nome da ponte... também vai ser difícil, dada à quantidade de escória que rema sempre em sentido contrário do que é suposto.

FireHead disse...

RICARDO DA SILVA LIMA,

Obrigado. Ajuda a espalhar a notícia. :)