segunda-feira, 11 de abril de 2016

Manny Pacquiao despede-se do boxe com vitória


O conhecido pugilista filipino Manny Pacquiao, um dos pugilistas mais titulados do mundo, despediu-se no passado sábado dos ringues com um triunfo sobre o norte-afro-americano Timothy Bradley, por decisão unânime dos juízes, em Las Vegas: triunfo por 116-110 no final de 12 assaltos e do 66.º combate da sua carreira. Apesar de haver quem acredite que isto é apenas uma saída temporária de Pacquiao dos ringues, o próprio insiste que quer concentrar-se na carreira política, sendo candidato ao Senado do seu país pelo partido da da Aliança Unida Nacionalista, e também dedicar-se à caridade. "Sim, eu retiro-me agora (do boxe). Vou voltar para a minha casa e pensar nisso, mas quero estar com a minha família. Eu quero servir o meu povo", disse Pacquiao. "Talvez eu vá gostar de ser um homem reformado e ajudar as pessoas. Obrigado a todos os fãs do boxe, especialmente os filipinos. Agradeço toda a vossa ajuda e apoio".


Depois de uma grande carreira desportiva, espero que Pacquiao também se evidencie como um grande político num país fortemente marcado pela corrupção e miséria. Que ele possa fazer a diferença em prol das Filipinas.

6 comentários:

CENSURADO AGAIN disse...

ESSE FOI O ROUBADO DA OUTRA VEZ?

FireHead disse...

Não sei se foi ou não roubado, só sei que venceu o combate.

Teresa Isabel Silva disse...

Saiu em grande...

Bjxxx
Ontem é só Memória | Facebook | Instagram

wind disse...

Boa semaninha:)

FireHead disse...

Teresa Isabel Silva,

Vamos lá ver se não foi apenas um até já. De momento é ver se ele consegue mesmo ir para o Senado filipino, e se for, saber se ele vai ou não ser diferente dos demais.

Beijinhos.

FireHead disse...

Wind,

Mais uma. Vai passar rápido. :)