quarta-feira, 27 de abril de 2016

Cão mata recém-nascido


Uma péssima notícia para os amantes dos animais: em San Diego, nos EUA, um cão da raça Staffordshire Terrier matou o bebé recém-nascido dos seus donos e acabou entregue ao departamento de animais da polícia local. A tragédia aconteceu quando a mãe do bebé de apenas três dias, que estava deitada na cama com ele, o marido e o cão, de dois anos, tossiu. O animal reagiu ao estímulo atirando-se inexplicavelmente à criança, o que a deixou com traumas fatais, vindo a morrer no hospital...

16 comentários:

Adilson disse...

Santo Deus!

Fico imaginando porque um cão dessa raça cometeu tal violência, sempre achei que fosse uma espécie dócil. Que Deus tenha misericórdia dessa família.

wind disse...

Lamentável!

CENSURADO AGAIN disse...

PAIS IRRESPONSAVEIS TÃO PEQUENO AINDA NEM TEM ANTICORPOS PRA ESTAR DO LADO DE UM CÃO

FireHead disse...

Adilson,

Ficas tu a imaginar e ficamos nós também... Coisas destas surpreendem-me mesmo imenso...

FireHead disse...

Wind,

Será que o cão vai ser abatido?

FireHead disse...

CENSURADO AGAIN,

Irresponsáveis? Até parece que eles iam adivinhar que uma tragédia destas ia acontecer...

Lura do Grilo disse...

Gosto muito de cães mas tenho pavor a certas raças. Os meus foram boxers e eram uns queridos com os miúdos mas bichos dentro de casa não quero.

Anónimo disse...

Quem frequenta o Facebook sabe que a nova grande causa da esquerda são os animais. Para eles um cão pode até matar um bebé, mas ai de quem toque no cão e muito menos o chamem de raça perigosa. Por uma questão de dignidade humana e prevenção, é óbvio que qualquer cão que inflige aleatoriamente um ferimento grave numa pessoa (excepto naqueles casos de cães de guarda que servem especificamente para proteger um determinado espaço ou em cães de polícia) precisa de ser abatido, então em situações de morte humana essa questão nem se devia colocar. Mas hoje o que assistimos é a uma inversão de valores quando se podem assassinar fetos humanos através de abortos patrocinados pelo Estado enquanto que por outro lado a defesa da vida animal assume proporções doentias.

G, o cigano

FireHead disse...

Lura do Grilo,

Há de facto raças consideradas perigosas. Não é bem verdade quando dizem que o cão é o melhor amigo do homem. Aliás, até parece que os melhores cães são os rafeiros. Se o mesmo princípio se aplicasse aos seres humanos (mestiços) os nacionalistas com a mania da pureza racial barafustariam logo, pois talvez os seres humanos não pertençam ao reino animal como os cães...

FireHead disse...

G, o cigano,

Lembras-te do caso do cão Mandela que era para ser abatido mas que acabou por ser acolhido??

Para os esquerdistas a vida humana não tem valor nenhum, o homem está literalmente abaixo de cão. Logo, é claro como a água que para o esquerdistas o aborto não só é legal como tem que ser incentivado e a vida de um cão vale mais que a vida de uma pessoa. A esquerda bestializa as pessoas.

O que é que o PAN tem a dizer acerca destes casos?? Que o cães que matam são afinal vítimas? Que este bebé que infelizmente morreu era o culpado??

wind disse...

Com certeza que o cão vai ser abatido, é o que fazem nestes casos.

CENSURADO AGAIN disse...

O CÃO DESCENDE DE LOBOS E CÃES SELVAGENS ELES VIVIAM EM BIOMAS QUEM TIROU ELE DE LA PRA AMBIENTES DOMESTICOS?QUEM O TIROU DA NATUREZA?

CENSURADO AGAIN disse...

TIROU PRA ABUSAR DELES PRA JOGAR ELES FORA QUANDO ENJOAM COMO SE FOSSEM COISAS

CENSURADO AGAIN disse...

LEMBREMOS O FILME INTELIGENCIA ARTIFICIAL QUANDO CRIAM ALGORITMOS QUE SIMULAM EMOÇÕES E DEPOIS DESCARTAM ELE VISTO DE FORA PARECE LATA MAS NA VERDADE FOI MUITO PIOR

FireHead disse...

Wind,

Pois, é a solução mais óbvia.

FireHead disse...

CENSURADO AGAIN,

Sim, realmente tem tudo a ver... tu é só merda atrás de merda...